Rogério Ceni elogia Strongest: ‘Hoje não tem mais bobo em lugar algum’

O São Paulo venceu o Strongest por 2 a 1, nesta quinta-feira, pela segunda rodada do Grupo 3 da Taça Libertadores, no Morumbi, com um gol suado, aos 34 minutos do segundo tempo. Após sair perdendo logo no início da partida, o Tricolor conseguiu a virada com gols de Osvaldo e Luis Fabiano. Rogério Cenideixou o gramdo ressaltando a importância do resultado conquistado, mas admitindo dificuldades ao longo dos 90 minutos.

O goleiro citou a mudança de postura do Tricolor após o gol dos bolivianos. Com a característica de manter o toque de bola mais cadenciado, mas apostando nas velocidades de Osvaldo e Aloísio, o time se mandou para o ataque e pressionou até conseguir a virada.

– Foi um jogo muito difícil, mas não foi mal jogado. O time deles veio muito fechado. Surpreenderam pela parte tática. Depois que tomamos o gol, tentamos acelerar demais o jogo e erramos muitos passes. Hoje não tem mais bobo em lugar algum. Pela circunstância foi um ótimo resultado – explicou Rogério Ceni.

Rogerio Ceni, São Paulo x The Strongest (Foto: Marcos Ribolli)Rogério Ceni arrisca cobrança de falta no início do jogo (Foto: Marcos Ribolli)

O São Paulo saiu perdendo com gol de Barrera, aos 20 minutos, completando desvio de Cristaldo na primeira trave após escanteio. Ainda na primeira etapa, Osvaldo aproveitou rebote do goleiro para marcar aos 42. Aos 34 do segundo tempo, em contra-ataque, Cañete fez a jogada com Ganso, que deixou para Luis Fabiano virar a partida.

Após o gol da vitória, por sinal, Rogério Ceni reclamou de dores na parte posterior da coxa direita. Mesmo assim, o goleiro acredita que a lesão não irá tirá-lo do próximo compromisso do Tricolor pela Libertadores.

– Já tava sentindo um pouco, tanto que não treinei pênalti nem falta nos últimos dias. Se não der para domingo, para quinta-feira deve dar.

No domingo, com reservas, o São Paulo vai até Penápolis enfrentar a Penapolense, às 18h30, em jogo válido pela 10ª rodada do Campeonato Paulista. Pela Libertadores, o Tricolor volta a campo no dia 7 de março para enfrentar o Arsenal de Sarandí, da Argentina, às 19h15, no Pacaembu, por causa da punição imposta pela Conmebol ao clube devidos aos incidentes na decisão da Copa Sul-Americana.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*