Rogério Ceni elogia profissionalismo de Fabrício

No dia em que comemorou dois anos de aniversário do 100º gol da carreira, marcado contra Corinthians, Rogério Ceni decidiu presentear o volante Fabrício com um abraço após a assistência para o segundo gol de Luis Fabiano na vitória contra o Paulista, por 2 a 0, no Jayme Cintra. Segundo o goleiro, que atravessou o campo para cumprimentar o volante, a atitude veio pela parceria de concentração com o camisa 25. O capitão rasgou elogios ao companheiro.

– Fabrício é meu parceiro de rock n’roll na concentração, colocamos a guitarra, o violão, até com um amplificador, e tocamos. Fiquei feliz porque é um dos caras mais profissionais que já conheci, e às vezes passa impressão errada porque ficou parado algum tempo por lesão. Se fosse tão profissional quanto ele, jogaria até os 50 anos (risos) – disse Ceni, nesta quarta-feira, após a vitória sobre o Paulista.

Após o abraço no volante, o capitão também parabenizou Luis Fabiano pelo segundo gol na partida. O atacante está suspenso pelos próximos três jogos da Libertadores, e à espera da resposta da Conmebol após o recurso do São Paulo. Ceni diz não saber da infelicidade dita por Fabuloso, e credita as últimas frases do atacante a deslizes em entrevistas após as partidas.

– Luis, é o jeitão dele, jogador que é muito decisivo, sempre bem colocado, arranca de cinco ou dez metros, ele conclui muito bem, tem calma na frente do gol, e já iria fazendo o terceiro gol quando o zagueiro tirou. Não está acontecendo nada, às vezes ele se atrapalha um pouquinho no microfone com vocês e dá margem para isso.

Mesmo após os dois gols marcados, Luis Fabiano não quis dar entrevistas. Mesmo suspenso da Libertadores, o camisa 9 é presença quase certa no clássico de domingo, contra o Corinthians. Na Bolívia, contra o The Strongest, Aloísio deve ser o substituto no ataque.
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*