Rodrigo Caio diz que faltou união em 2013 e pede ‘família’ no São Paulo

Rodrigo Caio mostrou personalidade ao apontar os principais defeitos do São Paulo na péssima temporada de 2013. O zagueiro de 20 anos disse que faltou união aos jogadores e já cobrou os companheiros, avisando que até os atacantes precisam se esforçar na marcação.

– O nosso elenco é muito forte. Se for olhar os nomes, é bom, competitivo. O que precisa mudar é o pensamento, que em 2013 não foi bom. Tem que dar um pouco a mais, se unir, formar uma família. A gente vê que muitos times inferiores a nós conseguem ganhar porque são unidos – comentou o jovem, nesta quinta-feira.

– Não é que não tinha (união), mas em certos momentos faltou um pouco. No futebol, quando você começa a perder e começam a vir as críticas, dá uma abalada. Nosso time estava focado, mas começamos a perder. O pensamento já está diferente nessa temporada, todo mundo está querendo, se dedicando – acrescentou.

Zagueiro de origem e utilizado como volante desde que foi promovido ao grupo profissional, em 2011, Rodrigo Caio revezou-se nas duas posições no ano passado, mas sempre foi titular. Para não sofrer tanto, ele quer que os integrantes da “família” tricolor corram pelos colegas.

– Começa lá da frente. Eu, lá atrás, se vejo os atacantes marcando, acho muito positivo. Quando o time inteiro está correndo desde lá da frente, os volantes, os laterais e zagueiros vão correr mais – completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*