Refém de multa, Pato diz que gostaria de enfrentar Corinthians

Contratado por empréstimo, Alexandre Pato só poderá enfrentar o Corinthians, clube que detém seus direitos econômicos, caso o São Paulo pague multa estabelecida em contrato. Independentemente disso, o atacante, criticado em sua passagem com a camisa alvinegra, admite que gostaria de enfrentar o agora (e pelos próximos quase dois anos) rival.

“Vai depender dos diretores. É óbvio que, se der para jogar, eu vou querer jogar, sim”, disse o jogador, no início da tarde desta sexta-feira, pouco depois de ter sido apresentado com a camisa 11 recebida das mãos do vice-presidente de futebol João Paulo de Jesus Lopes, que não esboçou qualquer reação à resposta.

A multa a ser paga caso Pato participe de um clássico seria de cerca de R$ 1 milhão, de acordo com dirigentes corintianos. O São Paulo não confirmou a informação em nenhum momento, mas o diretor jurídico do clube, Leonardo Serafim dos Anjos, disse, antes ainda de concretizada a transferência, que se tratava de um valor “pagável”.

A trava contratual foi firmada porque a negociação envolvia a troca de Pato por Jadson. O meia rescindiu o vínculo que se encerraria no final do ano com o São Paulo e assinou até o final de 2015 com o Corinthians. No entanto, ao contrário do atacante (cujo vínculo com o ex-clube vence apenas um ano depois do empréstimo), só está refém do pagamento de multa até o final desta temporada.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*