Promessa de jogar o Majestoso e números formam ‘o melhor’ Fabuloso

luis-fabiano

Muricy Ramalho chegou temeroso ao Morumbi na última quarta-feira, antes da partida contra o Osasco Audax. As razões: saber se Luis Fabiano iria cumprir as orientações para anular o adversário e se teria seu principal atacante apto para o clássico contra o Corinthians, no domingo. O resultado foi melhor que a encomenda.

Fabuloso não só deu um banho de aplicação tática, como fez dois gols e, de quebra, ainda cumpriu a promessa feita ainda no vestiário. Ele estava pendurado.

– Podem ficar tranquilos, não vou tomar cartão – dito… E feito.

O camisa 9 foi substituído aos 17 minutos do segundo tempo, por Ademilson, sem receber nem sequer uma advertência e aplaudido pela torcida. Se garantiu no clássico e simbolizou a melhora substancial em relação aos outros anos, principalmente ao ano passado. Na visão da comissão técnica, amparada pelos números, o Fabuloso está muito bem, obrigado, seja na parte técnica, tática, física e, mais importante, comportamental.

– Ele não está tomando cartão de graça, não está reclamando, está mais feliz. O cara que está toda hora reclamando, que o bife está duro, o ovo está mal passado, não dá – declarou Muricy, após o jogo.

O técnico, aliás, teve participação importante na melhora do camisa 9. No fim do ano passado, os dois tiveram uma conversa. Muricy ponderou os pontos que via a necessidade de melhora, sobretudo o empenho nas atividades, mas também demonstrou confiança. Ele era pra ser o titular do time, não Aloísio. Ou pelo menos os dois.

Não é comum o treinador agir dessa forma e a tática acabou ajudando. No entanto, é do próprio Fabuloso que partiu a iniciativa mais importante e que fará a diferença daqui para a frente. Na visão de profissionais do CT, o atacante está focado tanto dentro quanto fora de campo e, se permanecer assim, poderá evoluir ainda mais.

A dependência do atacante é o ponto que fez Muricy ficar temeroso de perdê-lo no clássico. Fabuloso ainda tem que provar que está querendo. Ele tem feito isso e, se continuar, o Corinthians que se cuide.

NÚMEROS MOSTRAM O MELHOR FABULOSO

Os números comprovam que este é o melhor Luis Fabiano desde março de 2011, quando o atacante retornou ao clube. Até agora, foram 11 jogos e oito gols marcados, média de 0,73 por partida. Melhor até do que sua boa média geral pelo clube (0,67) e superior também aos anos anteriores. Em 2013, por exemplo, ele marcou 22 gols em 51 jogos, com média de 0,43 por partida.

Os últimos dois tentos foram contra o Audax. Fabuloso chegou a 186 pelo clube e ficou a três de Teixeirinha, atualmente o terceiro maior goleador da história tricolor. Se continuar assim, Serginho, o recordista com 242, que se cuide. O Corinthians, também.

Fabuloso tem contrato até dezembro de 2015 com o Tricolor.

Fonte: Lance

Um comentário em “Promessa de jogar o Majestoso e números formam ‘o melhor’ Fabuloso

  1. Sei não.
    Tomara que o resultado do ano seja como o otimismo de hoje. Que após a convocação para a Copa, se não estiver na lista, não volte aquele marasmo, aquela “nhaca”, aquela má-vontade.
    Que a esperança não nos decepcione. . .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*