Presidente tricolor usa Osvaldo para ironizar desempregado Leão

A convocação de Osvaldo à Seleção Brasileira foi o argumento utilizado por Juvenal Juvêncio nesta sexta-feira para rebater as declarações dotécnico Emerson Leão, que no dia anterior chamou o presidente são-paulino de velho e pediu que ele renunciasse ao cargo.

“Porque não me perguntam sobre o Osvaldo, aliás convocado para a Seleção Brasileira, e sobre o Jadson, que surpreendeu a todos pelacompetência. Esses jogadores não jogavam, eram banco, no tempo dele. O Leão precisa arrumar um emprego logo”, respondeu o dirigente de 81 anos.

O comentário de Leão rebatido por Juvenal foi feito em entrevista à ESPN Brasil, no fim da tarde de quinta-feira. Realmente ainda sem clube desde que deixou o São Caetano, ele demonstrou guardar mágoas de sua última passagem pelo São Paulo, em 2005.

“Quando eu estive pela primeira vez lá, o presidente (Marcelo Portugal Gouvêa) era maravilhoso, e o Juvenal era apenas um diretor coadjuvante. Eu tive que sair por uma dívida de gratidão com um amigo japonês, mas têm coisas que ele não digere. Não digeriu isso e nem que eu entrei na Justiça do Trabalho”, falou o ex-goleiro, nascido em 1949.

“O São Paulo é maravilhoso, é um lugar ótimo para se trabalhar. Isso não é coisa que se faça, Juvenal. Faça como o Papa, renuncie pela idade, não seja ridículo. Acho que chegou a hora dele fazer igual ao papa”, acrescentou, em referência à renúncia de Bento XVI, substituído por Francisco I.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Presidente tricolor usa Osvaldo para ironizar desempregado Leão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*