Perto dos 41, Ceni não terá alívio no início do ano e treinará igual jovens

Rogério Ceni vai completar 41 anos no próximo dia 22, mas engana-se quem pensa que o goleiro terá privilégios durante a pré-temporada do São Paulo. O capitão fará treinos intensos para recuperar o condicionamento muscular depois das férias e trabalhar a resistência, explosão e agilidade.

O ídolo não descuida durante o período sem compromissos com o clube. Rogério faz alguns exercícios e, nesta semana, participou de um jogo beneficente na cidade de Sinop (MT), onde morou antes de se mudar para São Paulo e deu os primeiros passos na carreira de goleiro. Em vez de atuar debaixo das traves, ele jogou na linha.

Nos primeiros dias das atividades que serão realizadas no CT de Cotia, o foco dos trabalhos será a parte física. O objetivo é fortalecer os músculos para prevenir lesões. No ano passado, Ceni não sofreu com problemas musculares. Ele ficou fora de alguns jogos depois do forte choque com Alexandre Pato, pelo Paulistão.

Na ocasião, o camisa 01 teve um trauma no pé direito e passou meses com dores na região atingida. Mas as partidas que ele ficou fora não o impediram de ser o segundo jogador do São Paulo que mais entrou em campo durante a última temporada.

O goleiro participou de 70 confrontos em 2013 e só ficou atrás de Aloísio, que jogou um a mais. Números bem diferentes do ano anterior, quando Ceni atuou menos de 40 vezes.

De acordo com Haroldo Lamounier, preparador de goleiros do Tricolor, Rogério só terá uma carga menor de treinamentos em relação aos demais na musculação. Isso porque os trabalhos são específicos para cada atleta, de acordo com a necessidade e capacidade de cada um.

Foi durante a pré-temporada de Cotia, em 2012, que Rogério lesionou o ombro direito e precisou passar por cirurgia. Emerson Leão era o treinador e os goleiros eram submetidos a uma grande sequência de chutes dos outros atletas nos vários treinos de finalizações comandados pelo ex-técnico do São Paulo. Ceni passou seis meses longe dos gramados.

A possível última temporada da carreira de Rogério Ceni terá início no dia 19 de janeiro, contra o Bragantino, em Bragança Paulista. Diferentemente do ano passado quando teve 83 compromissos, o Tricolor fará menos partidas em 2014. Isso porque não haverá Libertadores, Recopa, excursão pela Europa e a Copa Suruga.

O ídolo da torcida são-paulina acertou na véspera da última rodada do Brasileirão a renovação de seu contrato. Ele cogitava a aposentadoria, mas estendeu o vínculo por mais um ano. Torcida, jogadores e funcionários pediam para Ceni não parar. Ele não parou e será preparado para brilhar em 2014.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*