“Pelo menos o ambiente”: Muricy encontra lado bom de temporada

O empate com o Santos ampliou para quatro jogosa série são-paulina sem vitória no Campeonato Paulista. Também aumentou para 12 partidas o jejum em clássicos. Mas Muricy Ramalho vê um lado bom na temporada, independentemente da campanha irregular na atual temporada.

“Pelo menos nosso ambiente está muito bom”, destacou, ao final do 0 a 0 de domingo, no Morumbi. “O treinamento está ótimo. Os jogadores estão trabalhando duro. Os caras estão com vontade de acertar. Às vezes, não acertam, mas estão com vontade. A gente não tem ninguém no departamento médico. No futuro, a gente vai ter um time ainda. Eu estou tentando arrumar, e estou bem perto. Principalmente no ambiente”.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Treinador admite ainda não ter achado time ideal, mas tem gostado do comprometimento diário do elenco

Ainda sem um time, o treinador valoriza o bom ambiente por lembrar as dificuldades encontradas no segundo semestre do ano passado, período em que, com muito sacrifício, o time se limitou a escapar da Série B nacional.

 

“No ano passado, a gente iria para a segunda divisão se não tomasse uma atitude. Agora, não. Está bem diferente. Fizemos uma pré-temporada excelente, todo mundo se entregou, trabalhou. Não tenho queixa (de comportamento) de ninguém. Estamos no caminho certo”, explicou-se, no dia em que pela primeira vez no ano gostou da entrega de seus jogadores.

“Temos que melhorar, com certeza. A gente tem que mudar alguma coisa. Mas, com certeza, jogando desse jeito no mata-mata, é um time difícil de ser batido. Daqui a pouco, começa a dar liga. Assim é que se forma um time”, valorizou Muricy, satisfeito pela vontade demonstrada por seus atletas no clássico contra o Santos.

Os jogadores voltam a trabalhar duro, como diz o treinador, na tarde desta segunda-feira. Em segundo lugar no grupo A do Campeonato Paulista, três pontos abaixo do líder Penapolense, o elenco são-paulino tem novo compromisso na quarta, diante do XV de Piracicaba, fora de casa.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em ““Pelo menos o ambiente”: Muricy encontra lado bom de temporada

  1. Tomara que o Murici saiba o que está falando.
    Pra mim, tenho como muito difícil o ambiente dos vestiários do S.Paulo, pois atletas que nem no nosso banco ficavam, quando mudam de time voltam a jogar como quando foram contratados. O que mudou na vida deles? A bola é a mesma; a carga horária de trabalho, idem; os adversários são os mesmos; só resta o ambiente de trabalho que pode fazer enorme diferença na vida do profissional, sobretudo se for de índole tímida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*