Pato rebate Gobbi sobre comemoração e reafirma injustiças no Corinthians

O atacante Alexandre Pato rebateu o presidente Mario Gobbi, do Corinthians, após ser criticado por ter comemorado a vitória do São Paulo por 3 a 2 sobre o rival, no clássico do último domingo. Nesta segunda-feira, dois dias antes de sua estreia pelo novo clube, contra o CSA, em Alagoas, pela Copa do Brasil, Pato afirmou que não mudará de postura, que não errou e que foi mal interpretado pelo dirigente corintiano.

“Foi um jogo emocionante, jogo que valeu a pena ver. Queria estar ali. Mas por vínculo, por contrato, não pude jogar. Mas eu estou no São Paulo hoje, sou jogador do São Paulo. Até começar a jogar vou ser torcedor. Tenho um empréstimo aqui até 2016, defendo as cores e não vou mudar. Fiquei muito feliz, sim, pela conquista dos meus companheiros, acho que não falei nada de errado. Acho que entenderam do modo errado. Eu torço pelos companheiros que eu jogo hoje”, falou Alexandre Pato, em entrevista coletiva nesta segunda-feira, no CT da Barra Funda – ele está emprestado pelo Corinthians até o fim de 2015, impedido de jogar o Paulistão e contra o ex-clube.

Envolvido na troca pelo meia Jadson, Pato fará a estreia pelo São Paulo nesta quarta-feira. O time viaja nesta terça-feira para Alagoas. Um mês após deixar o Corinthians, o atacante volta a dizer que seu trabalho não foi reconhecido no ex-clube.

“Acho que em alguns momentos no Corinthians as coisas não saiam para fora, as coisas que eu fazia nos treinamentos, a minha dedicação. Aqui todos sabem, sou um cara muito dedicado e tenho trabalhado muito”, falou, ao comentar as diferenças na recepção em cada clube. O Corinthians pagou R$ 40 milhões por Pato para tirá-lo do Milan (ITA) em janeiro de 2013. “Fui muito bem recebido pelo Rogério [Ceni], estou até jogando no time dele no rachão”, completou, sobre o goleiro Rogério Ceni.

O perfil do atacante no Twitter, que ele usou para celebrar a vitória são-paulina, usa uma foto de perfil com a camisa do São Paulo e uma foto de fundo com a camisa do Corinthians. Segundo Pato, não se trata de um descuido, mas sim de respeito ao clube que detém seus direitos econômicos.

“Negócio do Twitter, como tenho um vínculo com o Corinthians, não tenho problema, por isso deixei em respeito, no fundo, a foto com a camisa do Corinthians”, afirmou.

Pato já está escalado no time titular de Muricy Ramalho, e deve atuar na ponta direita ou ao lado de Luis Fabiano, no ataque. Para o novo camisa 11 do clube, a ansiedade é enorme: “Dede que eu cheguei no São Paulo venho pensando nessa estreia, toda vez que entro no CT penso que não vejo a hora de jogar. Estou me dedicando ao máximo, to pensando muito nesse jogo. Quanto mais perto do jogo, mais ansioso fico. Estou muito preparado, muito focado para esse jogo”, avaliou o jogador, que não esconde, mas minimiza o sonho de voltar à seleção brasileiro. “Penso sim na seleção, não vou mentir que eu não penso. Mas agora penso só nesse jogo”, disse.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*