Pato faz Muricy pensar em novos esquemas com e sem Luis Fabiano

A contratação de Alexandre Pato faz com que o técnico Muricy Ramalho pense em novas alternativas táticas para o São Paulo. Hoje, a equipe é armada no 4-2-3-1, com dois pontas, pelas laterais do setor ofensivo, e o treinador já fala em duas novas possibilidades. A primeira é com Luis Fabiano, baseada em esquema utilizado por Tite em 2013. A segunda não inclui o camisa 9, e tem Pato como referência do ataque.

“Joguei um jogo contra o Corinthians, pelo Santos, aqui no Morumbi, e eles jogaram com duas linhas de quatro, e Pato enfiado ao lado do Guerrero. E o Pato deu muito trabalho, porque ele é muito inteligente na movimentação ali na frente”, falou Muricy, antes de dizer que pode adotar este exemplo para ter Pato ao lado de Luis Fabiano no ataque: “Acho que dá”

A outra alternativa, esta sem Luis Fabiano, tem Pato na função de “falso 9”, difundida nos últimos anos pelo Barcelona enquanto comandado por Pep Guardiola. Naquele time, o argentino Lionel Messi passou a exercer tal função, como referência ofensiva à frente do meio de campo e ao lado de dois pontas.

“Ele [Pato] pode ser que seja aquele 9 falso, com dois abertos pelos lados”, analisou o técnico, logo após a vitória por 2 a 0 sobre o Paulista, na quinta-feira, no Morumbi. “Pato nunca jogou de centroavante, não joga de costas para o gol. Sempre jogou de segundo atacante, assim foi no Milan, assim foi no Inter. A não ser que você jogue com um centroavante falso. Mas de costas não me agrada, não”, afirmou o treinador.

O técnico afirmou que, obviamente, o objetivo principal será encontrar uma formação na qual todos os badalados do elenco consigam jogar.

“A gente vai achar esse time aí. Vai ter que ter as características de um time competitivo. Todos os títulos que nós ganhamos foi dessa maneira. Por isso que a gente cobra de alguns deles, técnico tem obrigação de colocar no time o bom jogador. Mas claro que tem que cobrar algumas atitudes do bom jogador, também”, acrescentou Muricy, sobre o papel tático a ser desempenhado pelos atletas.

Além de Pato, Muricy ainda terá a tarefa de incluir o atacante colombiano Dorlan Pabon e o volante Souza no time titular. Estes ficarão à dispoção do técnico de forma imediata. Já Pato, não pode jogar no Paulistão por ter feito cinco partidas pelo Corinthians, e só deverá estrear em 12 de março, pela Copa do Brasil, contra o CSA. Algo que Muricy lamenta. O técnico, no entanto, se diz satisfeito com o elenco após a chegada do último reforço.

“A gente lamenta porque o jogador que é contratado a gente quer que jogue. Em relação a contratar outro, é difícil. Porque a gente já contratou os quatro ou cinco que nós queríamos. A gente também tem os meninos que estão pintando bem e não pode tirar o espaço deles. Se começar a trazer muita gente, tira o espaço dos nossos. Já deu, também. A não ser, é claro, que apareça um baita negócio para o clube”, concluiu.
Fonte: Uol

Um comentário em “Pato faz Muricy pensar em novos esquemas com e sem Luis Fabiano

  1. Murici, por favor os dois juntos não.
    Já temos um pipokkkkero em campo,
    ???? já pensou dois ???????
    Bom, não posso dizer que Pato seja pipoqueiro,
    não conheço, só vou ter uma posição depois de alguns jogos.
    O uruguaio deu para sentir firmeza no primeiro,
    esse não é da turma dos amarelos que existem no time.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*