Osvaldo vibra com volta ao time e estipula meta contra novo jejum

osvaldo028

O sorriso já é tímido e andava mais escondido, mas voltou a aparecer no rosto de Osvaldo. Quem o vê nos treinos e jogos do time atualmente nem lembra que, no ano passado, ele viveu um drama. Imagine um atacante passar quase dez meses sem marcar um gol? Um verdadeiro pesadelo…

Pois Osvaldo deu a volta por cima e voltou a ser titular de Muricy Ramalho. Foi assim nos últimos doiss jogos e deve permanecer na próxima quarta-feira, contra o Osasco Audax. Na última partida, na vitória de 3 a 1 sobre o XV de Piracicaba, o camisa 17 deu passe para o gol de Luis Ricardo. Virou o maior assistente do elenco, com quatro, ao lado de Alvaro Pereira.

– Tenho trabalhado muito, me empenhando bastante, feito o que o treinador tem me pedido. Sabia que no momento certo, as coisas iriam voltar a dar certo – afirmou Osvaldo, em entrevista ao LANCE!Net.

Mas nem só de assistência vive o atacante e Osvaldo sabe muito bem disso. Tanto que estipulou uma meta para esta temporada. Nada de passar tanto tempo sem balanças redes.

– Tenho colocado na minha cabeça que, a cada dois ou três jogos, preciso marcar gol. Tenho jogado numa função não tão perto do gol, até porque tenho função de ajudar na marcação. Mas é questão de tempo, as coisas vão clarear e o gol vai surgir – analisou o atacante são-paulino.

O problema é que o jejum já volta a aparecer. Osvaldo desencantou na goleada de 4 a 0 sobre o Mogi Mirim, no segundo jogo da temporada, mas de lá para cá ainda não marcou. Pior: viu todos seus concorrentes marcarem. No último jogo, o colombiano Pabon fez o primeiro pelo clube. Ademilson, Ewandro e Luis Fabiano também já fizeram. E ainda tem Pato, que está perto de estrear…

– Na época que eu cheguei, tinha cinco atacantes no elenco. Time grande é assim. Fiquei fora dois jogos, mas mantive tranquilidade e voltei. Tenho de continuar assim – disse Osvaldo, com otimismo.

ENTREVISTA COM OSVALDO

Você acaba de ser pai. Isso interferiu no seu futebol?
É uma motivação a mais. É logico que jogador tem de ter a motivação dentro de campo sempre, mas graças a Deus o nascimento do meu filho foi motivação extra. É só alegria. Pretendo fazer muitos gols ainda, para dedicar a ele.

Já sabe como vai comemorar?
Ah, como sempre faço, com o dedo na boca, simbolizando uma mamadeira ou a chupeta do bebê. Espero que seja na quarta-feira.

Ano passado, você ficou desde fevereiro sem marcar um gol. Já sabe o que motivou esse jejum tão grande?
Difícil apontar alguma situação. Quando voltei da Seleção, a equipe não estava bem, passamos momento difícil. Não só eu como a equipe. Acho que é má fase mesmo. Ainda consegui ser o vice de assistência com 11, mas as pessoas não conseguem ver as assistências.

O que projeta do futuro no São Paulo? Pensou em sair?
Quero conquistar esse Campeonato Paulista. Tive sondagens para sair, mas em nenhum momento estava com cabeça para isso. Tenho objetivo de dar a volta por cima, ainda espero mostrar aquele Osvaldo que todos querem. A torcida também estava com saudade…

O que espera do Audax?
Vi o jogo deles contra o Sorocaba, eles não guardam posição. No futebol todos falam que é meio maluco, mas tem dado certo. A gente tem que ser veloz, aí eles terão um pouco de dificuldade no Morumbi.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*