Osvaldo revela “suadeira braba” em trote na 1ª convocação da seleção

Assim como todo aluno passa por um trote no seu primeiro dia de faculdade, cada jogador que é convocado pela primeira vez na seleção brasileira também precisa pagar uma prenda. Foi assim com Osvaldo, atacante do São Paulo e convocado por Luiz Felipe Scolari para os últimos dois amistosos do time, que terminaram empate com Rússia e Itália.

O atleta foi um dos poucos que não teve chance com Felipão, mas agradeceu bastante o comandante pela oportunidade de conviver com os outros atletas na excursão.

“Rapaz, eu tive um trote que deu uma suadeira braba. Fizeram eu subir, agradecer o Felipão e não sossegaram enquanto eu não agradecesse. Eu tive que cantar, contar piada e foi uma coisa boa, que deu para eu desenrolar bem”, disse ele.

“Foi um grande passo ser lembrado por ele pelas partidas que fiz. Foi também consequência do que fiz no ano passado. Claro que tive a vontade de jogar, não deu e faz parte do futebol. Vou continuar trabalhando aqui para voltar a ser lembrado. Foi muito positivo ter convivido com grandes astros do futebol mundial”, completou.

Osvaldo contou que chegou em São Paulo na manhã de quarta-feira e já até ligou para Ney Franco para pedir para ser incorporado no grupo que jogou contra o Paulista. O técnico preferiu dar descanso a ele, já pensando no clássico contra o Corinthians, marcado para domingo, no Morumbi.

Nesta quinta-feira, o treinador comandou um coletivo com 11 jogadores em um campo reduzido, sem contar com os que estiveram na vitória por 2 a 0 contra o Paulista. Nesta sexta, a equipe treina mais uma vez e volta a estar no CT da Barra Funda no sábado.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*