Osvaldo admite expectativa por convocação: ‘Seleção é momento’

Osvaldo já marcou cinco gols e deu seis assistências no ano. É um dos principais jogadores do São Paulo, titular inquestionável de Ney Franco, e já ganhou até gritos especiais da torcida. Fatores que levam o atacante a ficar de olho na lista de jogadores que será anunciada nesta terça-feira por Luiz Felipe Scolari, para os amistosos da seleção brasileira diante de Rússia e Itália, no fim do mês. Na melhor fase da carreira, o camisa 17 admite que já pensa em vestir a amarelinha.

– Há dois anos eu nem sonhava com isso, mas a partir do momento em que você começa a atuar numa equipe grande, e consegue ajudar com gols, assistências, a expectativa vai crescendo. Eu tenho um pouco de expectativa, sim.

O atacante sabe, no entanto, que sua posição é uma das mais concorridas na Seleção. Assim como o São Paulo de Ney Franco, a equipe de Felipão deverá atuar no 4-2-3-1. Além dos dois centroavantes convocados, sobram vagas para o meia e os jogadores que atuam pelas pontas. Por ali, além do são-paulino, brigam atletas como Neymar, Lucas, Oscar e Hulk, já convocados pelo treinador em sua estreia, e jovens que brigam por espaço, caso de Bernard.

Um aliado, em sua opinião, pode ser a mudança no comando técnico da Seleção. A troca de Mano Menezes por Luiz Felipe Scolari, que fará nesta terça sua segunda convocação, dá chance a novos nomes. Em 2001, quando assumiu pela primeira vez antes de ser pentacampeão mundial, Felipão deu oportunidades a atletas que atuavam no Brasil, e acabaram disputando a Copa. Casos de Anderson Polga, Gilberto Silva e Kleberson.

– Sei que a Seleção tem jogadores consagrados, mas vivo um bom momento e Seleção é momento. As coisas são dinâmicas, mudam de um dia para o outro. Quem sabe com a mudança no comando eu possa ter uma oportunidade e agarrar para ser convocado mais vezes.

Contra a Inglaterra, o único são-paulino convocado foi seu parceiro de ataque, Luis Fabiano. Ele não teve boa participação no primeiro tempo e foi substituído no intervalo por Fred, que marcou o único gol da derrota brasileira por 2 a 1.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*