Opinião de são-paulino: São Paulo 4 x 0 Audax

corneta

Amigo são-paulino, leitor do Tricolornaweb, aqui o espaço é seu. Use-o para elogiar, comentar, criticar, cornetar, enfim, diga o que achou da goleada do São Paulo sobre o Audax por 4 a 0, nesta noite chuvosa de quarta-feira, no Morumbi.

17 comentários em “Opinião de são-paulino: São Paulo 4 x 0 Audax

  1. Classico esse é o jogo para se redimir,
    aí vamos ter a prova dos nove,
    sao onze atletas bem pagos, bem preparados
    e tambem muito badalados,
    pena que esse xinelinho mau carater nao jogue,
    é mesmo uma pena,
    gostaria de ter a prova dos nove nesse caso,
    pois jogador que faz corpo mole e biquinho é mesmo mau karater,
    que ele esta num bom momento é fato,
    como tambem é fato que se escondia no tricolor,
    se fosse bom mesmo teria enfrentado tudo com vontade de vencer,
    e nao se escondendo como fez, isso é tipico de gente sem comprometimento
    coisa que nao esperava desse mau karater.

  2. Atuações no paulistinha contra o pequenos não serve como referência alguma. Muita gente esquece, mas no ano passado foi assim o campeonato todo, depois quando nos deparamos contra um time mais qualificado, caímos no mata-mata.
    Ainda no jogo de ontem, o time só fez o resultado quando o adversário estava com 10 e tem gente já achando que o “campeão voltou”… Menos…
    Na realidade, ontem não conseguiu ser teste para a defesa, pois essa pouco fez, e se foi para o ataque, mostrou que contra retrancas bem armadas iremos sofrer.
    Além do mais, não podemos nos esquecer que a base do time ainda é a mesma que perdeu para a Ponte em pleno Morumbi na Sul Americana. Sinal que não se pode iludir. Se apertado, o time deixa a desejar.
    Para mim, o último jogo que serve como referência contra um time um pouco melhor foi contra o Santos na semana retrasada. E o time, em que pese ter jogado melhor, não ganhou e quase perdeu no fim.
    Continua mais do mesmo. Não inspira a mínima confiança e o Muricy não é esse gênio todo que está ai, fosse tinha matado o jogo no primeiro tempo. Não dá para ficar com ufanismos a lá Galvão Bueno.

  3. Nada mais que a obrigação, basta ver nossa folha salarial e comparar com o Audax…

    Vamos ver domingo se eles melhoraram mesmo ou se continua apenas ganhando no Morumbi e de times fraquinhos do interior!!!

  4. O SPFC está crescendo e se ajustando na hora certa, domingo é um bom teste e eu acredito sempre no tricolor. Ganhar ou perder faz parte, o que não pode deixar de existir é a luta e o empenho.

  5. Jogo atípico.
    Vou esperar o domingo para ver a quanto anda nosso time. Ver quem realmente tem “garrafas vazia pra vender”, deste elenco tricolor.
    Outra coisa:
    O passe para o LF fazer o segundo gol, dado pelo Pabon, foi infinitamente mais difícil e bonito do que os dois, tão celebrados como de craque, dados pelo Ganso, no jogo contra o XV de Piracicaba. O detalhe é que nem a imprensa, o técnico ou os torcedores parecem tê-lo visto.
    Mas se tivesse sido dado pelo Ganso . . . . “quanta diferença”!

    • ahan entao me diz ai se o ganso n tivesse dado aqueles 2 passes la o São paulo n teria vencido nem estaria classificado antecipadamente, pense antes de criticar certos jogadores vei.

  6. Atuar contra o Audax jogando com 10 é uma coisa. No jogo, enquanto estavam 11 contra 11 não se mostrou tão simples assim.
    Alguns dirão que a vitória era uma questão de tempo… mas como saber?
    A diferença mesmo, se é que ela existe, será ver nosso time jogando clássicos ainda mais com torcida adversária em maioria.
    Só vamos saber se houve alguma mudança real desse time no domingo.
    Do resto, para mim, ainda é mais do mesmo. A começar pelas sempre estranhas arbitragens do paulistinha…

  7. Resultado esperado, a meu ver não podia ser outro.
    Entendo que o time cumpriu o que foi pedido, subiu a marcação a maior parte do tempo, jogando no erro do adversário, que por sinal abusou do direito de errar, mas, também pela forma como foi marcado.
    Uma das queixas constantes em relação ao time vem sendo a apatia, hoje no entanto, a meu ver, houve mais empenho e disciplina tática, ponto a favor.
    Entendo que LF, mesmo com suas limitações, é um dos que mais vem crescendo com a presença dos novos contratados, espero que continue.
    Todavia, os demais apenas e tão somente se empenharam, nada mais do que isto, mas, não deixa de ser alguma coisa.
    Agora, no momento de preservar alguns titulares, contar com Wellington, Ademilson e Lucas Evangelista é de dar dó.
    Bom, domingo é que vamos ver se realmente alguma coisa vem mudando.

  8. Amigos Bom Dia!!!!!!

    Eu sinceramente achei que o jogo seria mais complicado, mais a forma que o time foi armado fez com que o jogo ficasse fácil.

    Temos que lembrar que em nosso meio campo tínhamos Maicon e Souza como volantes e samos que o Maicon não marca ninguém, essa formação contra um time mais competitivo pode comprometer nosso sistema defensivo.

    Acredito que com o retorno do Alvaro Pereira e um volante com maior capacidade de marcação o time ganha uma boa cara, precisamos de um volante de maior qualidade pra jogar ao lado de bom volante Souza.

    • Não temos mais volantes de marcação. Esse é o problema.
      Aquele que deveria ser (Wellington), não marca, não corre, não ataca…só assiste o jogo de um lugar privilegiado.
      Quem sabe não está na hora de dar uma oportunidade para o Fabrício. Pelo menos raça sabemos que ele tem de sobra, enquanto que em muitos está em falta.

  9. Acho que o São Paulo deve adotar esta marcação pressão em todas as partidas , e não somente em adversários fracos como o Audax.

    • Amigo essa marcação funciona com times fracos como você mesmo citou, pois deixa muito espaço se pegar um time pouco mais gabaritado as coisas se complica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*