O nascimento do São Paulo Futebol Clube na mídia da época

  • Está fundado o São Paulo F.C., com elementos do Palmeiras, S. Bento e Paulistano

Diário Nacional, 24/01/1930

O novo club vae ser mais um titan para a divisão principal da Apea

Há dias o DIÁRIO NACIONAL noticiou o andamento das negocições tendentes a fundar os ex-grêmios lafeanos Palmeiras, São Bento e Paulistano, este com os remanescentes da sua extinta seção de futebol. Agora, podemos confirmar, em suas linhas geraes, a nossa notícia. Está fundado um novo clube, o S. Paulo F. C. e destinado a tornar-se uma força considerável no mundo futebolístico.

Acham-se ligados a elle pessoas de destaque nos meios sociaes e esportivos, que promettem transformal-o numa verdadeira potencia, a fazer sombra aos grandes clubes paulistas. Esperamos que assim seja!

A fundação do novo clube

Hontem, no escriptório do sr. Tobias de Barros, á praça da República, realizou-se uma reunião de representantes daquelles clubes. Segundo conseguimos apurar, estiveram presentes os srs. João Cunha Bueno, Luiz de Barros, Caio Luiz Pereira de Souza, Clodoaldo Caldeira, Firmiano Pinto Filho e outros do Paulistano; Odilon Ferreira, Aristides Macedo Filho, Lauro Gomes e outros do São Bento; e Nevio Barbosa, dr. Martins Costa, dr. Caldas e outros do Palmeiras.

Foi uma reunião amistosa, que se prolongou até perto das 24 horas. Foram abordadas várias questões. Dentre o resolvido, elegeram a primeira directoria, da qual fazem parte o dr. Edgard de Souza, superintendente da “Light”, como presidente e “Zuzu” da Cunha Bueno, como thesoureiro. O sr. Fritz de Souza Queiroz tambem occupa um cargo bem como outros esportistas. Essa directoria depende do “referendum” da assembléa que se realizará no próximo sábado. Foi ainda nomeada uma commissão para elaborar as bases dos estatutos. Dessa commissão fazem parte seis esportistas, sendo dois representantes de cada clube. Quanto ao desenho do uniforme do gremio a surgir com a fusão em estudo, deverá ser escolhido em concurso entre nossos mais novateis artistas. Como princípio, serão adoptadas as côres do São Bento, Palmeiras e Paulistano, isto é, azul, branco, preto e vermelha.

A respeito dos jogadores, já ha compromisso formal da maioria dôs actuaes elementos dos gremios em apreço, notadamente de todos do Paulistano, para defenderem o pavilhão do gremio a surgir.

Sobre o campo, serão reunidas as actuaes praças de esportes do S. Bento e Palmeiras, de modo a haver terreno para a construcção de um verdadeiro estadio. E segundo o pensar dos esportistas á frente do presente commettimento, o estadio em questão ficará prompto em breve tempo, de modo que ainda servirá para o campeonato do corrente anno.

Sabado, 25, haverá a assembléa que tratará, em definitivo, da organização do novo gremio.

Essa data é a commemorativa da fundação da cidade, como se sabe. Dahi, a razão da escolha desse nome, S. Paulo F. C.

 

  • S. Paulo F.C: Está fundado nesta capital mais um grande club de futebol

Jornal desconhecido. Livro de Recortes de Jornais do São Paulo FC de 1930. 25/01/1930.

Confirmando as noticias que temos dado sobre a provavel fundação de um grande club de futebol, que reuniria sob sua bandeira antigos elementos C.A.Paulistano e mais os clubs Palmeiras e S.Bento, informamos agora que elle acaba de ser, realmente, organisado nesta capital, contando desde já com solicito e espontaneo apoio dos mais destacados esportistas de nossa terra.

Com a desistencia do C.A.Paulistano de manter a sua secção de futebol, ficava a nossa cidade sem um gremio que representasse toda a sua tradição futebolistica, ou que então lembrasse ao povo a trajectoria gloriosa de S. Paulo no campo esportivo, desde os mais remotos tempos, mas nem por isto esquecidos quando as lutas eram travadas por quadros que representavam não só a elite esportiva, principalmente, a elite social paulistana.

Com o correr dos tempos, entretanto, mercê de uma grande e continua invasão de adventiclos, que como verdadeiros “grileiros” se apresentavam à posse dos mais altos cargos do esporte paulista, o nivel social do futebol veiu descendo aos poucos, até vulgarisar-se de todo, nada ou quasi nada mais restando de seu antigo prestigio, além da reminiscencia viva que era glorioso club de Rubens Salles, sempre acima das competições pessoaes ou da mesquinha politica de club a club e de situação a situação.

Mas, nem todos os velhos propugnadores do futebol em São Paulo estavam desiludidos. O gesto de renuncia do C.A.Paulistano tece a virtude de produzir uma certa reacção, que embora esperada, ninguem suspeitava viesse tão energica e efficiente.

E o resultado foi a fundação do S.Paulo F.C, aggremiação que está fadada ao mais brilhante exito social e esportivo.

A sua apparição deve-se aos esforços de muitos socios do C.A.Paulistano, que neste sentido entenderam-se com os directores do S.Bento e Palmeiras, obtendo que os dois clubs desistissem, tambem, dos seus nomes e cores para, todos juntos, numa feliz convergencia de idéas, surgirem encabeçando um novo e grande club, que viria, desde o inicio, emparellhar-se com mais possantes gremios do paiz.

A sua actividadde esportiva não ficará, comtudo, limitada ao futebol. Os esportes aquaticos, o athletismo, a esgrima, etc., serão tambem cultivados com iguaes enthusiasmo e interesse.

O S.Paulo F.C vae tomar os terrenos ora ocupados pelo S.Bento e Palmeiras, à margem do rio Tieté, na Ponte Grande. Ahi será contruido o seu estadio, que será dotado de todas as installações e aparelhamentos necessarios à efficiencia esportiva.

As cores do S.Paulo F.C

Ao que se sabe o novo club quer adoptar como suas as proprias cores da bandeira paulista. E nesse intuito, para vêr como melhor utilisal-as, vae instituir um concurso para a escolha do emblema e disposição do seu uniforme.

A primeira directoria

A primeira directoria do S.Paulo F.C, a ser eleita na assembléa de hoje, ficará assim formada:

  • Presidente, Dr.Edgard de Souza.
  • 1º vice, Dr. Frederico de Souza Queiroz.
  • 2º vice, Dr. Raphael  Sampaio
  • 3º vice, Benedicto Montenegro
  • Secretário Geral, Lauro Gomes.
  • 1º secretario, Luiz de Barros.
  • 2º secretario, Dr. José Martins Costa
  • 1º Thesoureiro, João da Cunha Bueno
  • 2º Thesoureiro, Dr. Caio Luis Pereira de Souza.

Haverá, tambem um conselho deliberativo composto de 27 nomes, sendo nove de cada club. Este conselho fica sob a presidencia do Dr. Julio de Mesquita Filho, que especialmente convidado, acquiesceu promptamente.

A assembléa de hoje

Todas as deliberações até agora tomadas pelos organisadores do S.Paulo F.C, serão homologadas na assembléa de hoje, dia 25, especialmente escolhido por ser a data do aniversario da fundação da cidade.

Pelas informações acima os leitores podem avaliar a amplitude dos horizontes do novo club. Surgindo com a preocupação de ser o club de S.Paulo, elle vae ter, forçosamente, os applausos e a sympathia da nossa gente.

 

  • Da união de parte dos socios do C. A. Paulistano com a A. A. das Palmeiras nasceu o S. Paulo F. C.

Folha da Manhã, 27/01/1930

Como está constituida a directoria do novel gremio – O Sr. Edgard de Souza foi eleito presidente

São Paulo, o pedaço do Brasil onde o futebol é jogado com technica apreciavel, a terra onde o “soccer” marcou os seus primeiros passos e progrediu, até a presente data não possuia ainda um gremio que praticando exclusivamente o esporte bretão, tivesse o seu nome.

O remo, a natação, a bola ao cesto e o tennis homenagearam o nosso Estado. Porém, o futebol, o “papai” das demais modalidades esportivas entre nos, nunca cogitou dessa justissima homenagem.

Eis porém, (Há males que vêm para bem) que alguns socios descontentes com o Paulistano, por ter excluído o futebol entre os esportes que pratica, mais a A. A. das Palmeiras, resolveram fazer uma união. E dessa união, nasceu hontem, ou melhor, no dia 25, o São Paulo F. C.

O novel gremio certamente está fadado a triumphar. O seu nome, suggestivo ao extremo, tão sugestivo como o do C. A. Paulistano, talvez para isso muito vae influir. Depois, aquella assistencia formidavel que presenciava os jogos do alvi-rubro, como tambem os numerosos adeptos da A. A. das Palmeiras passarão a armar tendas junto ao S. Paulo F. C.

Concorrendo ainda para maior prestigio do recen-nascido gremio, pode se ver na sua directoria nomes dos mais representativos, não talvez do futebol, mas na nossa melhor sociedade, o que indiscutivelmente é a base solida e inconfundível das bôas aggremiações.

Nomes como os do dr. Edgard de Souza, Montenegro, Cunha Bueno, Nogueira Barbosa, Caio Luiz Pereira de Souza, Silva Ramos, Mesquita Filho, Franco do Amaral, Rezende Costa, Rachou e outros, indiscutivelmente são necessarios ao esporte bandeirante.

Desses, alguns já passaram pêlo nosso futebol, mas com uma lisura a toda a prova. Não deixaram elles atraz de si motivos para comentarios desairosos. Trabalharam. Se fizeram pouco, não prejudicaram.

Percorrendo a lista dos directores do novel gremio, que pomposamente ostenta o glorioso nome do nosso querido Estado, encontramos verdadeiras garantias para o exito completo de uma aggremiação esportiva.

Façamos pois ao novel clube os mais ardentes votos de prosperidade, desejando que muito breve, a camiseta que vae ser branca-rubra e preta surja heroicamente nos campos esportivos, colhendo glorias, engrandecendo o nosso nome. Avante, defensores do São Paulo F. C.

 

  • O S. Paulo F.C. Está Definitivamente Fundado, Mas Sem o Concurso do S. Bento

A Gazeta, 28/01/1930.

Hontem às 14 horas, reuniram-se à praça da República, 28, socios da A. A. Palmeiras e do C. A. Paulistano para o fim especial de fundarem um novo clube que representasse condignamente a cidade de São Paulo em competições esportivas. Foi convidado a assumir a presidencia o Dr.João de Oliveira Barros, que foi secretariado pelo Dr. Luiz F. do Amaral. Foram discutidos os estatutos, sendo approvados. Em seguida, procedeu-se a eleição da primeira directoria que foi eleita por acclamação. Ficou assim constituida:

Presidente, Dr. Edgard de Souza; 1º vice, Alberto Caldas; 2º vice, Gastão Rachou; 3º vice, Dr. Benedicto Montenegro; 1º secretario, Dr. Luiz Olveira Barros; 2º dito, Dr. Jose Luiz Martins Costa; 1º thesoureiro, João B. Da Cunha; 2º dito, Dr. Luis Pereira de Souza.

Conselho Fiscal – Dr. Samuel Toledo Filho, Nevio Barbosa, e Dr. Raphael Salles Sampaio.

Foi tambem acclamado o conselho deliberativo com 18 membros,  sendo nove do Palmeiras e nove do C.A. Paulistano.

São os seguintes: Julio Mesquita Filho,  Nevio Barbosa, Gastão Rachou, Alberto Caldas, Augusto Castro Leite, Luiz Augusto Pereira de Queiroz, Marcelo Pais de Barros, Luiz Marcondes de Moura, Leonel Benevides de Rezendes, Ariosto Ferraz, Prof. Sergio Meira, Rubens Salles, Arnaldo Alves de Mota, Manuel Carlos Aranha, Mario da Cunha Bueno, Luiz Fernando do Amaral, Firmiano de Morais Pinto Filho e João de Oliveira Barros.

Esse novo clube obterá como seu campo official a antiga Chacara da Floresta, actualmente ocupada pela A. A. das Palmeiras. Estamos seguramente informados que é intuito da directoria da nova sociedade entrar immediatamente em obras, afim de melhorar as condições technicas do campo para o cultivo do futebol.

A fusão é apenas entre elementos do Palmeiras e do Paulistano porque não entraram em accordo com os sambentistas.

Podemos adeantar que já se inscreveram para o S.Paulo F.C os seguintes jogadores que militavam o Paulistano: Nestor, Clodô, Barthô, Sergio, Mario Andrada, Friedenreich, Joãozinho e Cassiano Passos.

Os restantes jogadores já hyphotecaram solidariedade ao novo gremio devendo, em breve, fazer as suas inscripções.

*Nota, o jornal não circulava todos os dias, por isso o erro e o engano de muitos acreditarem que o clube teria sido fundado em 26 ou 27 de janeiro.

 

  • S. Paulo F. C. Está definitivamente fundado o grand club paulista, embora sem o concurso da A. A. São Bento

O Estado de São Paulo, 28/01/1930

Reuniram-se ante-hontem os organisadores do S. Paulo F. C. – o novo club que se apresentará à disputa do campeonato da cidade, no corrente anno e que é o resultado da fusão da A. A. das Palmeiras com os sócios do C. A. Paulistano, que faziam parte da sua secção de futebol.

A principio pensou-se que também a A. A. São Bento daria sua collaboração para o apparecimento do S. Paulo F. C., mas difficuldades de ultima hora dissuadiram os directores de ambos os clubs de tentar qualquer accôrdo nesse sentido.

Na reunião de ante-hontem ficou officialmente approvado o estatuto do club, e ao mesmo tempo foi eleita a primeira directoria, que está assim formada:

  • Presidente, dr. Edgard de Souza.
  • 1º vice, dr. Alberto Caldas.
  • 2º, dr. Gastão Rachou.
  • 3º, dr. Benedicto Montenegro.
  • 1º secretario, Luiz Oliveira de Barros.
  • 2º secretario, José Martins Costa.
  • 1º thesoureiro, João B. Cunha Bueno.
  • 2º thesoureiro, Caio Luiz P. de Souza.

Conselho fiscal: Samuel de Toledo Filho, Nevio Nogueira Barbosa, Raphael S. Sampaio. Supplentes: Gabriel de Rezende Filho, Caio da Silva Ramos, Plinio da Silva Prado.

O S. Paulo F. C. terá também um conselho deliberativo, sob a presidência do dr. Julio de Mesquita Filho, director do “Estado”, que foi especialmente convidado para o cargo. São os seguintes os componentes desse conselho: Dr. Julio de Mesquita Filho, João Oliveira de Barros, dr. Sergio Meira, Rubens Salles, Arnaldo Alves Motta, Manuel Carlos Aranha, Mario Cunha Bueno, Luiz F. do Amaral, Firmiano Pinto Filho, Nevio Nogueira Barbosa, Gastão Rachou, Alberto Caldas, Augusto C. Leite, Luiz Pereira de Queiroz, Marcello Paes de Barros, Luiz Marcondes de Moura, Leonel de Rezende e dr. Ariosto Ferraz.

O novo club ficará na Chacara da Floresta, onde a A. A. das Palmeiras tem as suas installações esportivas. Estas, brevemente, passarão por obras que a habilitem à pratica de todos os esportes.

Ao que se sabe, muitos dos mais famosos campeões paulistas já solicitaram inscripção no S. Paulo F. C., que assim se apresentará com optimas probabilidades de êxito, no campeonato da cidade, neste anno.

*Nota, o jornal não circulava todos os dias, por isso o erro e o engano de muitos acreditarem que o clube teria sido fundado em 26 ou 27 de janeiro.

 

Fone: Site Oficial

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*