Novos parceiros de zaga, fã Toloi e ídolo Lúcio trocam elogios

Demorou um mês, mas Rafael Toloireconquistou a condição de titular do São Paulo. Muito elogiado no segundo semestre do ano passado, ele perdeu a posição com a chegada de Lúcio. Agora, atua ao lado dele, com Rhodolfo no banco, e vibra pela oportunidade. O ex-zagueiro do Goiás tinha apenas 11 anos quando o novo companheiro já era titular da seleção brasileira e campeão do mundo, em 2002.

Pelo lado esquerdo da defesa, uma novidade, Toloi admite que observa Lúcio durante os treinamentos e jogos para tentar aprender com o ídolo. Entretanto, não são o cabeceio nem as arrancadas para o ataque que mais chamam atenção. O preparo físico do veterano de 34 anos impressiona o jovem parceiro.

– Tem muito jogador da minha idade que não tem o preparo dele (risos). Ele se cuida, é totalmente profissional, tem muita força física. É um excelente jogador – afirmou Toloi.

Os dois ainda não estão totalmente entrosados, assim como Lúcio e Rhodolfo também cometeram algumas falhas coletivas no início do ano. O histórico do mais velho dos zagueiros colabora muito para que ele seja titular do São Paulo. Afinal, não seria qualquer um a desmontar a dupla de defesa que levou apenas dois gols em dez jogos na campanha do título da Copa Sul-Americana, no ano passado.

Mesmo com a mudança, Toloi reconhece que atuar ao lado de um atleta consagrado dá mais tranquilidade, em razão dos títulos já conquistados por ele.

Xodó de grande parte da diretoria, o jovem contratado no meio do ano passado também goza de prestígio com Lúcio. Questionado sobre as qualidades do pupilo, ele elogiou justamente a determinação, um dos pontos que mais derrete o presidente Juvenal Juvêncio.

– Ele é um grande jogador, tem uma técnica apurada, é muito determinado e se empenha bastante, assim como os outros jogadores da equipe – retribuiu Lúcio.

Veterano, malandro, o principal reforço do São Paulo para a temporada se lembrou de incluir os demais zagueiros no seu pacote de elogios. Fez questão de citar também Rhodolfo e Edson Silva, que atuaram no último domingo, quando o time reserva bateu o Penapolense por 2 a 0. Rhodolfo, inclusive, fez um dos gols.

Com status de garantido em meio à disputa por posições no setor, Lúcio ressalta a importância de ter um elenco farto de opções, já que o clube disputará, além da Libertadores e do Paulistão, o Brasileiro, a Recopa, a Copa Suruga, e tentará o bi da Sul-Americana.

– O São Paulo tem vários jogadores de qualidade. Tanto o Toloi quanto o Rhodolfo e o Edson têm muito a somar ao clube. A gente sabe que vai precisar deles porque o ano é forte.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*