Ney Franco faz oito mudanças no São Paulo para enfrentar o Paulista

O São Paulo terá uma formação repleta de reservas na partida contra o Paulista, nesta quarta-feira, às 22h, no Estádio Jayme Cintra, em Jundiaí, pelo estadual. No treino desta terça à tarde, com muita chuva, no CT da Barra Funda, sete titulares na vitória sobre o Bragantino foram preservados pela comissão técnica. O número aumentou com o volante Denilson, suspenso pelo terceiro cartão amarelo.

Com a estratégia, o técnico Ney Franco dá descanso a atletas importantes e os preserva para uma sequência de partidas complicadas. No domingo, o Tricolor faz o clássico contra o arquirrival Corinthians, no Morumbi, e na quinta-feira seguinte encara o Strongest, em La Paz, pela penúltima rodada da fase de grupos da Taça Libertadores.

Apenas três jogadores que foram a campo no fim de semana estarão em Jundiaí: o goleiro Rogério Ceni e os atacantes Wallyson e Luis Fabiano. O Fabuloso, aliás, aguarda por uma resposta da Conmebol sobre o recurso enviado pelo clube para tentar anular a suspensão de quatro partidas pela expulsão no empate contra o Arsenal, no Pacaembu.

Outros três voltam de problemas físicos e começam o duelo como titulares: o lateral-direito Paulo Miranda, recuperado de uma cirurgia no joelho esquerdo, o zagueiro Rhodolfo, liberado após ter dores no tornozelo direito, e o lateral-esquerdo Cortez, vetado anteriormente em virtude de um problema no joelho direito.

Outra novidade é o retorno do pentacampeão Lúcio. O veterano defensor havia sido barrado depois de se irritar ao ser substituído na derrota para o Arsenal, em Sarandí, ficando na reserva contra Oeste, São Bernardo e Bragantino.

No meio de campo, o treinador deu nova chance aos volantes Wellington e Fabrício. A equipe foi montada no esquema 4-2-3-1. Cañete, pelo centro, Douglas, pela direita, e Wallyson, pela esquerda, completaram o setor. Luis Fabiano ficou mais adiantado.

O São Paulo começou o treino com: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Lúcio, Rhodolfo e Cortez; Wellington, Fabrício, Douglas, Cañete e Wallyson; Luis Fabiano.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*