Ney Franco evita ‘caça às bruxas’ no Tricolor e lamenta depender de rivais

O técnico Ney Franco preferiu não encontrar culpados pela derrota do São Paulo para o Strongest, nesta quinta-feira, em La Paz, pela Taça Libertadores. O comandante avaliou como boa a atuação do Tricolor, mas lamentou as inúmeras chances de gols desperdiçadas pela equipe.

– Quando perde, todo mundo está envolvido. Nós não vamos direcionar o resultado negativo para um jogador ou o treinador. Todo mundo está envolvido. Quem perde é o grupo. Não tivemos competência para vencer – afirmou.

O resultado deixa o São Paulo em situação complicada no Grupo 3. Com apenas quatro pontos, o time precisa vencer o líder Atlético-MG, dia 17 de abril, no Morumbi, e torcer por um tropeço dos bolivianos, segundos com seis, diante do Arsenal, na Argentina.

– Embora a equipe tenha jogado bem, infelizmente perdemos. Agora, passamos a depender não só dos nossos resultados, o que é muito ruim – ressaltou.

O treinador não quis lamentar a ausência do artilheiro Luis Fabiano, suspenso por quatro jogos pela Conmebol. Sem ele em campo, Tricolor abusou de perder gols, principalmente com Osvaldo e Aloísio.

– Sabemos que ele faz a diferença, mas fica difícil mensurar o eu poderia ter acontecido se ele estivesse aqui. O Aloísio fez o papel dele, mas não tivemos competência para vencer.

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Ney Franco evita ‘caça às bruxas’ no Tricolor e lamenta depender de rivais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*