Ney Franco diz que Cortez não pode ser jogador “perdido” pela reserva

O lateral esquerdo Cortez chegou ao São Paulo com badalação no início de 2012 após passagem pela seleção brasileira e ser um dos destaques do Botafogo no Campeonato Brasileiro do ano anterior.

Mas, este ano, o ala perdeu espaço e foi para a reserva após perder disputa para Carleto. Neste domingo, na derrota por 1 a 0 para o Mogi Mirim, foi até substituído por Henrique Miranda. Demonstrou abatimento naquele momento.

Mas o técnico Ney Franco procurou levantar a bola do atleta e disse que e o time ainda não “perdeu” o lateral.

“Foi um dos jogadores que mais jogou no São Paulo [em 2012], teve participação importante nas finais da Sul-Americana  e na reta final do Brasileiro. Logicamente que a equipe alternou, não só o  Cortez, mas outros jogadores também”, falou.

“Nos jogos que usamos a equipe B e o Carleto se sobressaiu e ganhou posição. Tem briga por posição e hoje o Carleto está num momento melhor, mas isso não significa que o Cortez seja  um jogador que a gente perdeu”, continuou.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*