Nem timidez segura Ewandro

copinha_ewandro_vanbasty_ae_miguelschincariol_15

Aos 17 anos, o jovem atacante Ewandro é uma das apostas do técnico Muricy Ramalho para a temporada 2014. Revelado no Centro de Formação de Atletas Laudo Natel, o jogador foi integrado ao elenco profissional após a disputa da Copa São Paulo de Futebol Júnior deste ano e dá os seus primeiros passos no time principal. Ainda tímido, sem participar da maior parte das brincadeiras do elenco, o camisa 29 usa a ‘panelinha’ dos garotos que também vieram de Cotia para se soltar cada vez mais.

Assim como o atacante, Boschilia, Lucas Farias, Lucas Silva, Rodrigo Caio, João Schmidt, Lucas Evangelista e Ademilson também vieram das categorias de base do clube. “Eles também são jovens, mas me passam um pouco da experiência deles pelo tempo que estão aqui. E acredito que isso é importante, porque acabei de subir para o profissional”, afirma Ewandro.

Morador do Centro de Treinamento da Barra Funda, como geralmente acontece com os atletas recém-promovidos do CFA, o camisa 29 vive na concentração do CT e divide quarto com Boschilia. A relação com os funcionários do clube, como os cozinheiros, jardineiros e seguranças também facilita a adaptação do jogador.

“Procuro conversar com todos no CT, porque agora me sinto parte desta família. As brincadeiras também ajudam bastante, porque ainda estou conhecendo melhor os meus novos companheiros”, revela o atacante são-paulino.

Muricy, que apostou em Ewandro, também tem ajudado o garoto durante as atividades. Na última terça-feira (18), o jovem foi testado ao lado dos prováveis titulares que enfrentarão o São Bernardo, nesta quinta (20), e ganhou elogios do comandante. “Boa, garoto. É isso aí. Tem que ir pra cima”.

É comum ouvir o comandante incentivando e orientando o atacante, que se destacou durante a conquista do Tricolor na disputa da Copa Brasil Sub-17 de 2013. Das oito partidas do São Paulo no Estadual, o jogador esteve presente em seis e balançou as redes uma vez. Na última, contra a Portuguesa (0 a 0), o camisa 29 só não foi relacionado pois acabou convocado para defender a Seleção Brasileira Sub-20.

“Tenho trabalhado forte para buscar os meus objetivos. E o Muricy tem me ajudado bastante nisso. Espero que nossa relação melhore cada vez mais, porque ele tem experiência no futebol. Até aqui, tem sido muito bom esse período de aprendizado no time principal”, finalizou.

 

Fonte: Site Oficial

5 comentários em “Nem timidez segura Ewandro

  1. Com calma, mas é preciso dar cada vez mais espaço para ele e para o Boschilia jogarem, principalmente no paulista, para poderem mostrar a que vieram . . .
    É só questão de tempo para se firmarem como titulares.

  2. Paulo Pontes, oq aconteceu com o Auro, q no primeiro momento subiria com o Boschila e o Ewandro? Ah, e só pra constar, ele é muito, muito melhor que esse tal de Luis Ricardo.

  3. Tbm gostei muito deste garoto, e acho que ele tinha que ser titular no lugar de Ademilson que é muito, muito fraco. Acho tbm que o Muricy poderia subir o Auro e Gustavo Hebling.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*