Muricy vê mérito próprio em recuperação do SP: ‘Porcentagem não é pequena’

Muricy Ramalho assumiu o São Paulo na 18ª posição do Brasileirão, no início de setembro, e em dois meses faz o clube viver final de ano tranquilo e com expectativa de ser campeão da Copa Sul-Americana. Para o treinador, o mérito próprio “não é pequeno”. Segundo Muricy, o atual trabalho no São Paulo foi um dos mais difíceis da carreira.

“Existem momentos em que o treinador tem porcentagem maior, ele é importante por escalar bem, mudar bem, cobrar um pouco mais. Difícil falar a minha porcentagem. Não é pequena. Pela experiência que eu tenho, não é pequena. Tive trabalhos complicadíssimos, mas esse aqui foi um dos mais difíceis que já tive. A coisa não estava boa mesmo. Porcentagem aumentou com certeza”, avaliou Muricy, em entrevista coletiva nesta terça-feira, no CT da Barra Funda.

Logo após vencer os três primeiros jogos de sua reestreia no clube, Muricy viu o São Paulo ser derrotado em outros três confrontos em sequência. Naquele momento, convocou reunião com o elenco, pediu presença e conversa do presidente Juvenal Juvêncio nos treinos, tirou o rachão e antecipou a concentração em um dia para os jogadores. Desde então o São Paulo teve sequência positiva.

“Técnico às vezes tem de se meter muito em alguns momentos do time porque as coisas não estão boas. E aí quando se mete e dá resposta ele tem um pouco mais de porcentagem. Eu acho que sempre a porcentagem maior é dos jogadores. Eles é que fazem a diferença dentro de campo. De 20% a 25% da comissão técnica e 80% dos jogadores”, completou.

Segundo o treinador, a possibilidade de fechar o ano com o título da Copa Sul-Americana nem passava pela cabeça de diretoria, comissão técnica e elenco no início de setembro quando assumiu.

“O que eu mais sonhava era tirar o São Paulo da situação que estava. Além da posição que a gente estava, que era muito difícil, a autoestima nossa era muito baixa. Ninguém nem pensava na Sul-Americana. A gente só conversava aqui da situação em que a gente estava. Ninguém nunca perguntou da Sul-Americana. O sonho agora, é claro, é ser campeão da Sul-Americana. Apareceu a chance”, falou Muricy.

O São Paulo faz nesta quarta-feira a primeira partida da semifinal da Copa Sul-Americana, contra a Ponte Preta, no Morumbi. O segundo jogo, que deverá acontecer no Romildão, em Mogi Mirim, ocorrerá no próximo dia 27.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Muricy vê mérito próprio em recuperação do SP: ‘Porcentagem não é pequena’

  1. Muricy,
    uma de suas grandes qualidades é reconhecer que o conhecimento vem de pessoas anteriores a voce.
    Voce exerce uma autoridade impar sobro todos os grupos por onde vc passa, o que lhe confere, p.ex., tranquilidade para deixar qqer jogador no banco, caso mereça.
    O SPFC te reconhece como grande profissional, vc reconhece o SPFC como grande clube.
    Vc esta de parabens…

    Abracos de um torcedor…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*