Muricy vê Hudson como bom negócio e exemplo para o São Paulo

Muricy Ramalho mudou sua postura com relação à contratação do volante Hudson, anunciada nesta terça-feira pelo São Paulo. Depois de negar o interesse no jogador e ainda ironizar a imprensa, o comandante agora classifica o reforço como positivo. Mais: diz que ele deve servir de modelo para o clube.

Em entrevista coletiva, o técnico foi perguntado sobre como iria utilizar um jogador cuja contratação não partiu dele. Foi o vice-presidente João Paulo de Jesus Lopes quem iniciou as conversas e depois consultou o técnico.

– Hudson é bom jogador. Chamou atenção, jovem, é uma aposta, claro que é uma aposta. Jogar no São Paulo não é fácil, mas pelas informações que a gente tem, principalmente do Wagner (Lopes, técnico do Botafogo-SP), que é nosso amigo, além de muito bom jogador, é bom atleta. Foi bom negócio para o São Paulo. Barato, com contrato até o fim do ano. É esse tipo de coisa que a gente tem de voltar a fazer – afirmou o comandante.

– A posição dele é segundo volante mesmo, constroi, chega na frente. Por isso temos que conversar com o técnico que treinou ele. É um dos caras que mais roubou bola no campeonato, mas que chega – completou.

Muricy tentou explicar o porquê de ter negado a informação do interesse no atleta e argumentou que se tratava de reta final de campeonato e por isso atrapalhava. No entanto, o treinador falou sobre o reforço pela primeira vez logo após a eliminação do Tricolor do Paulista, contra o Penapolense, mesmo dia em que o Botafogo-SP, ex-clube de Hudson, foi eliminado pelo Ituano.

– Primeiro que você (repórter) tem que entender que quando você me perguntou, existia as finais do campeonato, e é futebol, não se fala no momento da final. Ele ia valer o dobro, veio do jeito que a gente queria, salario baixo, até o fim do ano, não essas loucuras do futebol. Você me perguntou do Wesley também, e acho uma falta de respeito falar de jogador que tem contrato – declarou Muricy, que também negou interesse no volante do Palmeiras.

Hudson se destacou no Botafogo-SP no último Paulistão e vai assinar com o Tricolor até dezembro, com possibilidade de renovar por dois anos. Ele ainda não tem data para ser apresentado.

Fonte: Lance

4 comentários em “Muricy vê Hudson como bom negócio e exemplo para o São Paulo

  1. Vou contra a corrente.
    Não acho o Murici “isso tudo”, mas ele, neste caso, está coberto de razão: primeiro quanto a não comentar sobre um jogador que está trabalhando em outro clube em um momento tão importante quanto as finais do campeonato. Tb porque o SP tb vivia o mesmo momento e, um interesse maior do técnico, poderia pesar no jogador da posição. Segundo, desta vez o tricolor fez o certo: contrato sem custo e por um curto período, para ver se o cara tem mesmo “garrafas vazias para vender”. Esse rapaz não pode ser pior do que o Wellington; então vale tentar. . .

  2. Mais uma contratação barata, tipo assim, Caramelo, Rony, Silvinho, Roger Carvalho, Edson Silva, Thiago Carleto, etc… O final dessa história nós já sabemos como será! Continuaremos com o Maicon de 2o. volante!

  3. Parece que mudou o discurso porque tomou porrada da diretoria.
    “É esse tipo de coisa que a gente tem de voltar a fazer”? Exatamente a crítica que ele mesmo fez desde o primeiro minuto em que botou os pés no Morumbi no ano passado?

    Se a diretoria quer ter esse poder todo sobre a montagem do time, pelo menos deveria integrar um cara que entendesse do assunto. Deixar na mão dos mesmos caras que cansaram de errar nesses últimos 2 ou 3 anos não dá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*