Muricy pede, e São Paulo monitora Wesley, que não deve ficar no Palmeiras

Muricy Ramalho pediu, e o São Paulo está de olho no volante Wesley, do Palmeiras. Revelado pelo Santos, o meio-campista tem contrato com o Verdão até fevereiro de 2015 mas, a partir de agosto, já pode assinar um pré-contrato com qualquer equipe. Nesta terça-feira, na Academia de Futebol,ele declarou que não vê problema algum em se transferir para um rival paulista, mas ressaltou que a vontade é ficar no Palmeiras (veja no vídeo abaixo).

O fato é que Wesley dificilmente vai ficar no Verdão. O salário dele (R$ 350 mil) é elevado para os padrões do clube, e seu empresário, Hugo Garcia, já avisou ao presidente Paulo Nobre que seu cliente não aceitará o acordo por produtividade, que se tornou praxe no Verdão em 2014.

Com isso, se o Palmeiras quiser ganhar algo em cima do atleta, teria de negociá-lo antes de agosto. Wesley foi contratado em 2012 do Werder Bremen por R$ 15 milhões, mas, até hoje, o Verdão não conseguiu quitar a dívida com um empresário que bancou parte do investimento.

O São Paulo topa pagar para receber o jogador agora ou aceitaria esperar para tê-lo de graça no início da próxima temporada. Os salários, porém, podem ser um entrave para a negociação avançar. Denilson, jogador que estava no Arsenal e tem salário parecido com o de Wesley, quase não foi aproveitado nesta temporada e dificilmente continuará no clube para o Brasileirão. O Flamengo surgiu como um interessado, mas a transação não caminhou.

Wesley Palmeiras (Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)Wesley, durante treino do Palmeiras
(Foto: César Greco/Ag. Palmeiras/Divulgação)

Wesley tem mais mercado. No ano passado, o Atlético-MG chegou a negociar com o alviverde uma contratação por empréstimo para que o jogador disputasse a Taça Libertadores da América, mas não obteve êxito.

O meio-campista é o típico jogador que Muricy Ramalho gosta de comandar. Polivalente, atua em várias posições. Pode ser segundo volante, terceiro homem de meio-campo, meia e até lateral-direito. No Palmeiras, disputou 70 jogos e marcou nove gols. Hoje, ele seria uma opção para a vaga de Maicon, que vem atuando como titular ao lado de Souza e Paulo Henrique Ganso no meio-campo.

Para o Verdão, seria uma perda gigantesca. Wesley é titular absoluto, um dos líderes do elenco e homem de confiança de Gilson Kleina.

 

Fonte: Globo Esporte

3 comentários em “Muricy pede, e São Paulo monitora Wesley, que não deve ficar no Palmeiras

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*