Muricy espera por Borges e vê clássico esvaziado sem estrelas

O técnico Muricy Ramalho não está muito animado com o clássico entre São Paulo e Santos neste domingo, às 18h30 (de Brasília), no estádio do Morumbi, pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador lamenta os desfalques das duas equipes para o duelo, e vive a expectativa de contar com o retorno do atacante Borges.

O atacante tenta voltar aos gramados após sofrer estiramento muscular na coxa esquerda no jogo diante do Bahia, em Salvador, pela primeira rodada do Brasileirão.

“Tem mais um dia de trabalho, de recuperação, então temos que ter paciência porque o que vai decidir a escalação é a parte física. Estamos olhando com cuidado isso de cada um. Temos mais um dia, então vamos aguardar um pouco mais para definir quem vai para o jogo”, afirmou Muricy.

Além de Borges, o Santos não contará com Neymar e Rafael, defendendo a seleção brasileira, e Ganso e Arouca se recuperando de lesões. Se não bastasse, o lateral direito Fucile e os coadjuvantes Bernardo, David Braz e Galhardo seguem vetados pelo departamento médico.

Já o São Paulo, além dos convocados para a seleção brasileira – Lucas, Casemiro e Bruno Uvini – o técnico Emerson Leão não contará com o atacante Luis Fabiano, que cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo, e o zagueiro Rodolpho, com uma lesão na panturrilha esquerda.

“Vai ser esvaziado, assim como o jogo contra o Fluminense na última quarta-feira. O Brasileirão só vai ganhar em emoção quando a Libertadores e a Copa do Brasil chegarem ao fim. Sem Lucas, Casemiro, Ganso, Neymar é complicado dar um atrativo. O clássico acaba sendo importante pela história, pelo peso da camisa de ambos os clubes”, lamentou Muricy.

Enquanto o Santos está focado na semifinal da Copa Libertadores da América, diante do Corinthians, o São Paulo disputa a semifinal da Copa do Brasil, contra o Coritiba.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*