Muricy e diretoria do São Paulo divergem sobre caso de Jadson

Apesar de ter barrado o meia Jadson e cobrado dele uma melhora no condicionamento físico para que ele volte a ser relacionado, o técnico Muricy Ramalho deixou claro que espera contar o quanto antes com o jogador. Já a diretoria do São Paulo demonstrou, nos bastidores, que espera interessados pelo futebol do atleta e, se ele quiser sair, pode ficar à vontade. Jadson sentiu uma tendinite no joelho direito na última quinta-feira e deve ficar pelo menos mais uma semana afastado.

– O Jadson estava se preparando bem e treinando mais do que qualquer um. Ele teve essa infelicidade da tendinite. Ele é um jogador de bom passe e arremate, por isso ele precisa ter uma condição física muito boa. Ele sabe que só vai jogar quando estiver em forma. Ele estava se empenhando, mas a dor atrapalhou um pouco. Vai depender dele. Ele não esqueceu como se joga. É um grande jogador – comentou Muricy.

Já o vice de futebol João Paulo de Jesus Lopes tratou de dizer publicamente que o interesse do São Paulo é manter Jadson. Mas que, se ele decidir sair, está liberado, desde que o negócio seja vantajoso para o Tricolor.

– Ele já demonstrou qualidade e está fazendo um treinamento intenso para recuperar a forma física e técnica. O nosso interesse não é desqualificar o elenco. Mas jogador que não quiser ficar, não tem obstáculo – disse o cartola.

No domingo, Jadson adotou tom respeitoso e admitiu que não está em forma, mas jura que deseja permanecer no Tricolor.

Depois de um excelente primeiro semestre de 2013, quando acabou sendo convocado por Felipão para disputa a Copa das Confederações pela seleção brasileira, o meia caiu muito de rendimento e passou a gerar desconfiança no São Paulo. Grêmio, Fluminense e, mais recentemente, Botafogo já tentaram contratá-lo, mas esbarraram na alta pedida do Tricolor.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “Muricy e diretoria do São Paulo divergem sobre caso de Jadson

  1. Quando o JPJL fala que o interesse é manter, pode ter certeza que o clube deseja mais do que nunca a saída dele.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*