Muricy diz ter mudado por “mesmice” e espera Ganso profissional

muricy028

Não foi por ter sido a quarta diferente em quatro jogos, mas sim por não ter Paulo Henrique Ganso, que a escalação titular do São Paulo surpreendeu, neste domingo. Ao final do empate por 0 a 0 com o Santos, no Morumbi, Muricy Ramalho explicou que quis tentar algo diferente para tornar a equipemais competitiva diante de um oponente duro.

“A gente precisava de um time um pouco mais aguerrido para marcar mais o Santos. Se você deixa o Santos jogar… É um time muito bom. A gente vinha jogando mal, e o técnico não pode ficar na mesmice, tem que mudar um pouco”, disse o treinador, sem dar ao assunto um tom polêmico, mas voltando a cobrar aplicação e uma reação profissional do agora reserva.

“Espero que (reaja) como todos. Têm jogadores que nem no banco ficam e estavam no vestiário. Esse é o profissional. A decisão de jogar ou não é do técnico. Quando entra, tem que correr, lutar pelo time, trabalhar sério. Só me convence dessa maneira. Comportamento, para mim, é super importante”, avisou.

Preterido por Ney Franco e Paulo Autuori em algumas ocasiões, Ganso nunca tinha ido para o banco sob comando de Muricy. Neste domingo, depois de acumular atuações sem grande destaque nas nove primeiras partidas do ano, foi sacado para que o treinador mudasse a formação tática e escalasse o lateral Douglas como ponta direita.

“Pelo menos deu profundidade, a gente teve chance de gol, coisa que não tivemos contra o São Caetano”, comparou o comandante, referindo-se, na realidade, ao São Bernardo, outro time do ABC paulista e adversário no empate de meio de semana, fora de casa.

 

O camisa 10 só entrou em campo na metade da segunda etapa do clássico, no lugar de Douglas, em alteração inversa à inicial. Após o apito final, preferiu não conceder entrevistas, talvez descontente ou simplesmente receoso em criar polêmica. Muricy, no entanto, frisou mais de uma vez que sua decisão foi puramente técnica.

“Não foi nada execpcional, nada de punição, porque essa não é minha maneira de trabalhar. Acontece que tem hora que o treinador tem que intervir se (o jogador) não está bem. Não dá para ficar com a mesma coisa. Mas amanhã ele treina, trabalha e volta a jogar. Ele sabe como eu sou. O Douglas, no jogo passado, nem no banco ficou. Só que no treino de sexta-feira foi o melhor”, destacou.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Muricy diz ter mudado por “mesmice” e espera Ganso profissional

  1. Sem polemizar, mas depois que o Ganso entrou o time piorou muito. Sera que existe algo muito “esquisito” no ambiente do SPaulo, uma vez que, o Jadson está “arrebentando” no Corinthians, e quinze dias atrás não ficava nem no banco do tricolor?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*