Muricy diz não aceitar insinuações corintianas: “Eu durmo muito bem”

muricy

O técnico Muricy Ramalho rechaçou novamente nesta segunda-feira (17) a possibilidade de o São Paulo ter facilitado o jogo de ontem para o Ituano – o resultado ajudou a eliminar o Corinthians no Campeonato Paulista – e disse que dorme muito bem, em alusão às insinuações feitas pelo técnico corintiano, Mano Menezes.

Em entrevista ao programa Donos da Bola, da TV Bandeirantes, Muricy foi taxativo e demonstrou que as declarações de Mano Menezes e do atacante Romarinho o incomodaram bastante.

“Por parte do pessoal do Corinthians, não foi legal. Eu estou aqui há 40 anos e tenho que ouvir o que ouvi ontem. Eu durmo bem pra caramba, não aceito esse tipo de insinuação não. Não aceito o que o Romarinho falou e nem o que o Mano insinuou”, disse Muricy.

“[O Corinthians] Não foi desclassificado ontem. Foi desclassificado em outros jogos. Não pode ficar pondo em dúvida as pessoas. Lá no São Paulo tem profissionais corretos, não pode por no ar que entregou o jogo. Demos o nosso melhor ontem.”

Logo depois dos comentários de Muricy, Edu Gaspar, gerente de futebol do Corinthians, entrou ao vivo para dizer em nome do clube que a culpa pela eliminação é “100%” do Corinthians, repetindo o discurso que havia feito em entrevista coletiva minutos antes, o que amenizou a discussão no programa.

Mas Muricy, depois de elogiar Edu Gaspar, voltou a se mostrar chateado em alguns momentos, mesmo aceitando as desculpas do clube.

“A gente é do futebol, somos parceiros, independentemente do time. E o Mano me conhece, sabe como eu sou, então não dá para aceitar”, acrescentou.

“Como um técnico que dirige um time como o São Paulo fala para um plantel para entregar um jogo? Com que moral eu vou fazer isso? Eu queria ter gravado a preleção antes do jogo e no intervalo por isso. Claro que a gente aceita as desculpas, a gente é do futebol, perde a cabeça, mas é bom reconhecer, porque senão fica todo mundo em dúvida.”

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*