Muricy assinará novo contrato com o São Paulo até a próxima terça-feira

Que Muricy Ramalho será o técnico do São Paulo em 2014 quase ninguém duvida. Extremamente identificado com o clube e amado pela torcida, o treinador é nome certo no Tricolor na próxima temporada. Resta apenas assinar o novo contrato, o que deve acontecer até a próxima terça-feira, em encontro com o presidente Juvenal Juvêncio.

O acordo é dado como certo por todas as partes. Muricy e seus representantes não cogitam a possibilidade de deixarem o Morumbi depois de tudo o que aconteceu em 2013. A diretoria, envolvida no processo eleitoral do próximo ano, também. Perder o técnico, neste momento, seria um retrocesso para quem busca se manter no poder. Desde que voltou, Muricy diz em praticamente todas as entrevistas que regressou ao Morumbi pelo amor pelo clube e não por vantagens financeiras. Por isso, receberá um aumento, mas ainda seguirá um pouco distante dos R$ 700 mil mensais que embolsava na passagem pelo Santos.

O novo vínculo deve ser assinado pelas próximas duas temporadas, período em que a situação considera que se manterá no poder. Carlos Miguel Aidar, defensor de Muricy, é o candidato da situação nas eleições de abril de 2014. Kalil Rocha Abdalla, da oposição, também é favorável ao treinador, mas dificilmente conseguirá vencer o pleito.

Tricampeão brasileiro pelo São Paulo, Muricy vive dias de herói no Morumbi. O treinador voltou no momento em que o clube lutava contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, mas conseguiu a reação mesmo sem mudar o elenco e ganhou poderes ainda maiores.

Nas últimas semanas, o comandante vem criticando abertamente o planejamento para 2014. Segundo ele, o clube está atrasado na concorrência com os rivais para reforçar o elenco. Todos os nomes passam pelo crivo dele, cada vez mais forte no Tricolor.

O técnico, aliás, foi decisivo para fazer Rogério Ceni mudar de ideia sobre a aposentadoria. Ele elogiou publicamente as atuações do goleiro e abriu a campanha para a renovação. Em dias de herói, Muricy será também decisivo para construir um Tricolor forte em 2014.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*