Muricy aprova três atacantes, mas vê São Paulo longe do ideal

Muricy Ramalho deixou o Morumbi satisfeito com o resultado de sua mudança tática: após o desempenho abaixo da média na derrota por 2 a 0 para o Bragantino, domingo, o volante Denilson foi sacado para a entrada de Osvaldo, que fez parceria com Luis Fabiano e Ademilson na frente. Cada um dos atacantes marcou um gol contra o Mogi Mirim e o time ganhou por 4 a 0, mas o técnico ainda quer mais.

– No primeiro tempo nós tivemos oportunidades de fazer o gol, chegamos muitas vezes pelos lados. A ideia surtiu efeito, mas não saiu o gol. Não treinamos finalização, acho que uma vez só, para não estourar os caras. Ainda está muito longe de ser um time seguro. O passe nosso foi horrivel no primeiro tempo, erramos demais. Estamos muito longe, apesar do resultado – disse o técnico.

Embora ainda deseje ver evolução da equipe, Muricy já vê um ponto positivo: a mudança de atitude dos jogadores em relação ao ano passado.

– O mais importante é que nós tivemos uma conversa no primeiro dia. Eu expliquei o que penso de futebol, expliquei a eles o que ia ser esse ano, que teríamos que melhorar na parte de comprometimento com o clube. Quem não estivesse satisfeito iria embora, não tem acordo para mais ou menos. Eles se dedicaram na pré-temporada, treinaram duro. Estão sofrendo bastante com a parte física, mas estão melhores na parte disciplinar. Eles melhoraram de vontade, a gente torce por eles.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*