Muricy aprova quarteto, mas diz que às vezes é preciso ‘fazer sopa de osso’

muricy054

Diante do CSA, pelo jogo de volta da primeira fase da Copa do Brasil, Muricy Ramalho pôde testar pela primeira vez o esquema projetado na semana passada para o São Paulo. Paulo Henrique Ganso, Alexandre Pato, Osvaldo e Luis Fabiano formaram o setor ofensivo da equipe e tiveram papéis importantes na construção dos 3 a 0 no placar, mas não empolgaram o treinador.

– Todo mundo gosta de filé, mas às vezes tem o osso, e fazer uma sopa de osso. Todo mundo quer comer bem, ganhar bem. Mas a gente respeita o que a gente tem. Se você tem de muita correria, só brigador, tem de ser time para marcar forte, jogar no contra-ataque, mas se for como o time de hoje, tem de deixar jogar. Vai correr risco também, mas é o que temos – afirmou.

Para Muricy, o esquema pode ser mantido contra adversários mais qualificados no Campeonato Brasileiro e nas próximas fases da Copa do Brasil, mas para isso seria preciso condicionar melhor o quarteto para aguentar o forte ritmo de movimentação e marcação. A palavra-chave para fazer a nova formação engrenar é encontrar equilíbrio.

– Se você tem um pouco de cobertura, sofre pouco. Seguramos o Alvaro, para liberar os volantes (Souza e Maicon), que saem bem. São características que você não pode mudar, ou tem de tirar do time. Temos de achar um equilíbrio, um jeito. Eles precisam de confiança, um pouco de entrosamento, pois mudamos o time no começo do ano. Agora com o Souza voltando, tem tudo pra dar certo. Sem a bola vai melhorar – destacou.

Muricy passou a testar a nova formação, com quatro jogadores ofensivos, após a fraca atuação na eliminação para o Penapolense no Campeonato Paulista. Na ocasião, o time pouco finalizou a gol e Luis Fabiano ficou isolado no campo de ataque. Contra o CSA, a movimentação originou o gol de Alexandre Pato e, no segundo de Fabuloso, a área estava repleta de são-paulinos.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*