Muricy aceita vaias da torcida: ‘Não podemos repetir o ano passado’

Habituais em 2013, as vaias da torcida do São Paulo não demoraram a aparecer em 2014. Durante a derrota por 2 a 0 para o Bragantino, domingo, em Bragança Paulista, pela estreia no Campeonato Paulista, os tricolores pediram raça aos jogadores e exigiram a contratação de reforços. O técnico Muricy Ramalho entendeu a bronca.

– É um direito do torcedor. Todos podem cobrar. Claro que eles precisam saber que foi só o primeiro jogo. Mas não podemos repetir o ano passado – afirmou o comandante.

Os são-paulinos cantaram os nomes dos atletas antes da partida, mas perderam a paciência rapidamente. Depois que o Bragantino marcou o segundo gol, no início do segundo tempo, os torcedores passaram a gritar “raça” e “queremos jogador”.

Muricy, aliás, também espera a vinda de reforços. Até agora, o treinador recebeu apenas o lateral-direito Luis Ricardo, ex-Portuguesa, e o lateral-esquerdo Álvaro Pereira, do Inter de Milão. O clube ainda sonha com o volante Souza, do Grêmio, e mais um atacante. Rafael Sobis, do Fluminense, foi praticamente descartado em virtude dos altos salários.

O São Paulo terá um contato mais próximo com a torcida nesta quarta-feira. O Tricolor recebe o Mogi Mirim, às 22h, pela segunda rodada do estadual.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*