Manhã sem excessos fecha preparação são-paulina para encarar Arsenal

A manhã desta quarta-feira, véspera da partida contra o Arsenal, foi utilizada pela comissão técnica do São Paulo sem excessos. Como aescalação já estava definida com antecedência, em duas horas o elenco encerrou a preparação com recreativo e um trabalho de bola parada.

Um dia depois de ensaiar os titulares, o técnicoNey Franco inicialmente liberou os jogadores para um rachão em campo reduzido no CT da Barra Funda. O goleiro Rogério Ceni, que acusou dores na coxa direita após o duelo com o The Strongest, há uma semana, não foi para a linha, ao contrário do que faz de costume.

Apesar de ter sido preservado do compromisso do fim de semana, contra o Penapolense, assim como o restante do grupo principal, o camisa 1 não será problema para entrar em campo nesta quinta-feira. Sua reclamação era reflexo somente de fadiga muscular, sanada devido ao descanso.

Encerrado o rachão, os atletas se dividiram em dois grupos. Enquanto os reservas participaram de um treino técnico, os titulares foram orientados em um trabalho de bola parada.

Os 11 que vão a campo às 19h15 (de Brasília), no Pacaembu, são Rogério Ceni; Douglas, Lúcio, Rafael Toloi e Cortez; Wellington, Denilson e Jadson; Aloísio, Osvaldo e Luis Fabiano.

Com três pontos ganhos em duas rodadas, o São Paulo é o segundo colocado do grupo 3 da Libertadores, atrás apenas do Atlético-MG, para o qual perdeu na estreia. Já o time argentino ainda não somou ponto, tendo sido derrotado pelos mineiros e pelo The Strongest.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*