Mais leve, líder São Paulo fecha 1ª fase do Paulista em Mogi

Garantido no topo do Campeonato Paulista com bastante antecedência, o São Paulo só vai desfrutar desse conforto na última rodada da primeira fase, diante do Mogi Mirim, às 16 horas (de Brasília) deste domingo, no Estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira. Depois de muita pressão pelo risco de queda na Libertadores, a calma reapareceu no meio de semana com a conquista da vaga nas oitavas de final.

Desde que derrotou o Atlético-MG e passou de fase no torneio continental, o clima no CT da Barra Funda mudou. Mais descontraído, já não lembra em nada o das semanas anteriores. Antes da classificação, torcedores uniformizados chegaram a cobrar, dentre outras coisas, a saída de Luis Fabiano, que, a propósito, voltará a atuar em Mogi depois de duas semanas em recuperação de trauma na panturrilha esquerda.

O atacante ainda tem mais um dos quatro jogos de suspensão a cumprir na Libertadores e, até o segundo jogo das oitavas, contra o Atlético, poderá atuar somente no Estadual. Neste domingo, enquanto o grupo principal será poupado para o mata-mata das duas competições, ele terá a companhia de garotos formados nas divisões de base e outros reservas.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

De volta após lesão, Luis Fabiano será o principal destaque do time formado por reservas

Um deles é Edson Silva. “Nós ficamos chateados por ter um jogador do nível dele fora da equipe. Ele ajuda bastante”, disse o zagueiro, referindo-se ao período de duas semanas em que o artilheiro foi desfalque tanto pela suspensão quanto pelo incômodo na perna. Ao contrário de Luis Fabiano, o meia Jadson será poupado, embora já tenha se recuperado de edema na coxa direita.

 

O técnico Ney Franco não entregou a escalação de antemão, porém vai dar chance a atletas pouco utilizados nas últimas rodadas da Libertadores. O parceiro de Edson Silva na zaga, por exemplo, deve ser Rhodolfo. Sem o camisa 10, o argentino Cañete deve herdar a responsabilidade de comandar o meio-campo. Único jogador que foi titular contra o Atlético-MG e está relacionado é Douglas.

Se para o São Paulo resta apenas conhecer seu adversário das quartas (Botafogo, Penapolense ou Linense), o terceiro colocado Mogi Mirim ainda não tem posição definida na tabela. Com 36 pontos ganhos, pode terminar a fase de classificação tanto na vice-liderança quanto em quinto – e consequentemente disputar a fase seguinte como visitante.

O técnico Dado Cavalcanti tem força máxima à disposição no Romildão. O volante Magal, o meia-atacante Roni e o atacante Henrique retornam de suspensão pelo terceiro amarelo. “Queremos mais, e isso inclui conquistarmos um bom resultado contra o São Paulo, pois assim, garantimos uma vaga no G4”, falou o treinador.

Arte GE.Net

FICHA TÉCNICA
MOGI MIRIM X SÃO PAULO

 

Local: Estádio Romildo Vitor Gomes Ferreira, em Mogi Mirim (SP)
Data: 21 de abril de 2013, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Braghetto
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo e Leandro Matos Feitosa

MOGI MIRIM: Daniel; Roniery, Tiago Alves, Lucas Fonseca e João Paulo; Adílson, Magal, Wagner e Roger; Roni e Henrique
Técnico: Dado Cavalcanti

SÃO PAULO: Denis; Douglas, Rhodolfo, Edson Silva e Cortez; Fabrício, Rodrigo Caio e Cañete; Wallyson, Ademilson e Luis Fabiano
Técnico: Ney Franco

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*