Luis Fabiano diz que Mano pôs caráter de são-paulinos em dúvida

luisfabiano101

O atacante Luis Fabiano, do São Paulo, é mais um a criticar o técnico Mano Menezes, do Corinthians, por ter insinuado que o São Paulo poderia ter facilitado a vitória do Ituano, no último domingo, para provocar a eliminação do rival. Nesta quarta-feira o camisa 9 do São Paulo falou ao programa “Os Donos da Bola”, da TV Bandeirantes, que Mano colocou o caráter dos jogadores tricolores em dúvida.

“Quero dizer que o treinador não pode falar que entregou o jogo sem ver o jogo. Ele deu entrevista e nem viu o jogo do São Paulo. Deixou em dúvida o nosso caráter, lá tem pais de família, né”, falou Luis Fabiano. “Foi lamentável, botou em dúvida nosso caráter sem ter visto o jogo. Se tivesse ganhado do São Paulo no clássico e do Penapolense, não estaríamos falando disso agora”, completou o atacante, que tem bom e surpreendente início de temporada em 2014.

Após empatar com o Penapolense no domingo, Mano Menezes insinuou ainda em Penápolis, imediatamente depois do apito final, que o São Paulo teria entregado a partida para o Ituano. O treinador corintiano falou que “os deuses da bola” estavam olhando. Na terça-feira, após uma série de rebatidas de Muricy Ramalho – que não gostou de ouvir as insinuações do colega de profissão –, Mano afirmou que não vê necessidade de um pedido de desculpas, mas assumiu a responsabilidade pela desclassificação.

Luis Fabiano ainda detalhou a partida contra o Ituano para mostrar indícios de que o São Paulo levou o jogo a sério.

“Quem viu o jogo sabe que a gente lutou, fizemos de tudo para vencer. Mas nosso estilo com dois pontas rápidos, o campo encharcado… Tivemos que adotar o estilo de jogo de alçar bolas, e de alto só tem eu. Mesmo assim teve chute do Osvaldo, do Ademilson, a defesa do Rogério. Então tem que ver o jogo pra depois chegar a alguma conclusão”, afirmou o centroavante.

“Infelizmente tivemos que ouvir essas declarações. Tenho que defender as cores do São Paulo e não me preocupar com o rival, tem que parar de dar desculpa”, concluiu.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*