Luis Fabiano celebra artilharia e crê em Tricolor em alta no mata-mata

luisfabiano032

A principal contratação do São Paulo para a temporada foi no setor ofensivo. Alexandre Pato chegou trocado por Jadson com o Corinthians. O clube do Morumbi ainda vive a expectativa da estreia do reforço, mas o grande nome de 2014 até o momento é de um veterano: Luis Fabiano já marcou nove gols no Campeonato Paulista, tornou-se artilheiro isolado da competição e mostrou que, independentemente das mudanças no elenco, a camisa 9 segue em boas mãos.

No ano passado todo, o Fabuloso balançou a rede 22 vezes. Mesmo tendo terminado 2013 empatado na artilharia com Aloísio, posteriormente negociado com o Shandong Luneng, da China, o experiente atacante viveu uma das piores temporadas desde o retorno ao São Paulo. Afastou-se da seleção brasileira e perdeu a posição entre os titulares em diversas oportunidades.

– O ano passado não terminou muito legal. Existia a expectativa de como eu começaria o ano. Fico feliz por estar ajudando, estar bem fisicamente, ter conseguido me recuperar. Agora é dar sequência, tentar manter isso no Brasileiro, que tem jogos difíceis e é um torneio importantíssimo – afirmou, em entrevista ao GloboEsporte.com.

Já classificado à próxima fase do Campeonato Paulista, o Tricolor viveu um período de instabilidade na primeira fase do estadual. Ficou quatro jogos sem vencer (derrota para a Ponte Preta e empates com Portuguesa, São Bernardo e Santos), mas em nenhum momento deixou zona de classificação às quartas de final. No momento, a vantagem para o Penapolense, segundo colocado, é de seis pontos, a duas rodadas do fim.

Luis Fabiano acredita que a equipe cresceu no momento certo. Com a proximidade do mata-mata, o Tricolor busca ganhar novamente um título. O último foi a Copa Sul-Americana, em 2012. De lá para cá, a equipe foi eliminada no Paulistão de 2013, perdeu a Recopa para o Corinthians, caiu nas oitavas da Libertadores e terminou o Brasileirão na nona colocação.

– A equipe vinha evoluindo desde o jogo contra o São Bernardo, quando empatamos. Depois também jogamos bem contra o Santos, mas não conseguimos a vitória. De lá para cá, estamos crescendo muito, e no momento certo. A competição está afunilando, o mata-mata está chegando, e é uma hora importante. Vamos buscar a final e tentar quebrar esse tempo sem títulos no Paulistão – opinou.

Sobre a possível ajuda ao Corinthians no estadual, já que o São Paulo enfrenta o Ituano, concorrente direto do rival na briga pela classificação, no próximo domingo, Luis Fabiano foi claro: jamais entraria em campo para facilitar a vida do adversário pensando em prejudicar outro clube, ainda que parte da torcida queira isso.

– Com uma vitória vamos ajudar o adversário, mas eu nunca entrei para perder e não vai ser agora. Quando eu visto a camisa do são Paulo é para vencer. Vou encarar com seriedade o jogo contra o Ituano. Temos de continuar vencendo para manter a confiança, ajudando os outros ou não. Nossa parte é entrar em campo e vencer – finalizou.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*