Luis Fabiano admite fase ruim do time e diz que não quis comemorar gol

Luis Fabiano marcou pela primeira vez depois de três partidas em branco, mas não comemorou depois de fazer o terceiro do São Paulo neste domingo, em partida que terminaria 3 a 2 diante do Oeste. Depois do jogo, ele mostrou certo desânimo, mas não explicou porque resolveu tomar tal atitude.

“Não comemorei porque simplesmente não quis comemorar. Não estava afim. Hoje, por algumas coisas que eu ouvi durante a partida, não quis comemorar. Ninguém sabe o que eu tenho passado. Quando eu entro em campo tenho de fazer meu melhor. Estava com um problema fora de campo, mas graças a Deus já foi resolvido”, disse Luis Fabiano, sem explicar qual seria.

O atacante, que desfalcou o time na derrota por 2 a 1 para o Arsenal, pela Libertadores, admitiu que o momento não é bom, apesar da liderança do Campeonato Paulista. Ele, porém, acredita que as críticas serão esquecidas se o clube avançar na competição sul-americana.

“Nosso momento na Libertadores não é legal, somos líderes no Paulista, mas sabemos que temos de melhorar em muita coisa. Temos dois jogos para reverter este quadro (na Libertadores). Se ganhar, todos que estão protestando vão falar que a gente é bom, e tudo volta à normalidade”, completou.

Por mais de uma vez, Luis Fabiano reiterou que não comemorou o gol “porque não quis”, e negou que tenha relação com o momento conturbado que a equipe viva ou com o momento irregular que ele vive – não marcava desde o jogo contra o The Stronghest, pela Libertadores, e foi expulso contra o Arsenal, no Pacaembu.

“Estou feliz com o meu momento. Isso (não comemorar) não é reflexo de nada. Hoje, por algumas coisas que eu ouvi durante a partida, eu não quis comemorar”, finalizou, com expressão bastante séria.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*