Lúcio rebate vice e pede sabedoria: “Crítica deve ser feita na hora certa”

Lúcio, o capitão sem faixa, como define Ney Franco, não gostou da maneira que o vice-presidente de futebol do São Paulo, João Paulo de Jesus Lopes, criticou o time na última quinta-feira, depois do time vencer o The Strongest por 2 a 1.

O zagueiro pediu sabedoria aos diretores e disse que as críticas devem sempre serem feitas internamente e na hora certa, para evitar os pequenos desgastes. Ele reconhece que todos os cartolas têm o direito de reclamar de uma atuação ruim, desde que tudo isso seja feito sem que a torcida e a imprensa saibam.

“A responsabilidade a gente tem em todo o jogo. A cobrança tem que ser feita no momento certo e na ocasião certa. O treinador cobra a gente no dia a dia dos treinamentos. é um direito do diretor cobrar, mas acho que tem de ser na forma certa. Precisa chegar no vestiário e aí cobra a gente. Achei que foi em um momento importuno, mas a cobrança no futebol sempre vai existir”, disse ele.

A polêmica parecia já encerrada, mas o zagueiro acabou comentando sobre o tema após as perguntas dos repórteres. Isso porque o atleta ainda não havia dado entrevista coletiva desde então. Nesta entrevista, ele também disse que ainda sonha em voltar a ser convocado pela seleção brasileira .

“Não acredito que estraga o ambiente, mas a gente tem que ter mais sabedoria. Digo isso tanto da nossa parte, como de diretor e treinador, falo isso no geral. Não vou dizer que o time fica triste ou desanimado. Mas precisa ser feito na hora certa. O que posso dizer é que se tem a cobrança é porque ainda podemos dar retorno no futebol”, completou.

Nesta terça-feira, João Paulo de Jesus Lopes esteve no treino do São Paulo, assistiu ao treino ao lado do auxiliar técnico Milton Cruz e depois bateu um breve papo com Ney Franco. Na hora de se retirar do campo, enquanto os mesmos 11 jogadores que venceram o The Strongest fizeram um treino, o dirigente preferiu fazer um caminho alternativo para não cruzar com a imprensa.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*