Lúcio fala pela primeira vez após afastamento: ‘Me senti humilhado’

Afastado pela diretoria do São Paulo desde julho, o zagueiro Lúcio, que já foi capitão da Seleção, nos anos de 2006 e 2010, topou uma entrevista exclusiva com o Esporte Espetacular, que será exibida no próximo domingo, dia 15 de dezembro. O repórter Régis Rösing, o cinegrafista Marcos Silva e a produtora Anelise Infante foram até a casa do jogador, em São Paulo, para saber o como ele está se sentindo nesse período conturbado de sua carreira, marcado por expulsões e afastamento. Em casa, um museu particular com medalhas, troféus e camisas, mostra o amor e a dedicação de anos ao futebol. Seis meses sem treinar com o elenco, ele diz como se sentiu.

– Me sentia humilhado. Pensava: “Meu Deus, o que eu fiz de errado para merecer isso?” – disse.

Lúcio contou que me mantém contato com alguns amigos, como Ganso e Luis Fabiano. Segundo a direção do Tricolor, o jogador cometeu um ato de indisciplina e acabou barrado. Antes, ele já havia tido problemas com Ney Franco em virtude de uma substituição na derrota para o Arsenal, na Argentina, pela fase de grupos da Libertadores.

Desde então, o pentacampeão vinha treinando em horários alternativos. Se as atividades do grupo estivessem marcadas para a parte da tarde, ele teria de se apresentar pela manhã, por exemplo.Em outubro, ele pediu para não realizar mais atividades no CT da Barrafunda.

O presidente são-paulino Juvenal Juvêncio quer colocá-lo no mercado para ficar livre dos altos salários.  O zagueiro pentacampeão chegou ao clube paulista sem custos de rescisão de contrato. O problema é que o custo mensal do jogador é considerado muito alto pela diretoria tricolor: R$ 500 mil. Desse montante, o clube paga R$ 300 mil e um patrocinador arca com o restante, R$ 200 mil.

– Vou ver se empresto ou vendo o Lúcio – afirmou Juvenal em recente entrevista no CT do São Paulo.

 

Fonte: Globo Esporte

 

3 comentários em “Lúcio fala pela primeira vez após afastamento: ‘Me senti humilhado’

  1. Sério? Mais de 30 anos na cara e não caiu a ficha ainda do que fez pra merecer isso? Coitadinho do Lúcio, se sentiu humilhado de mandar o técnico e o elenco tomar no meio do cu e ficar de perna pra cima dentro do ônibus.

  2. Deveriam ter colocado na geladeira tambem o artista que
    trouxe esse medalhao pra nossa casa.
    Com certeza foi o imexivel adalberto porchi,
    que trouxe mais uma porcao de tranqueiras, tambem,
    mas a maior mesmo, e ele, que futebol deve entender
    o mesmo que de corridas de carro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*