Lucas não se incomoda em jogar fora de posição e foca em entrosamento

Lucas pouco foi utilizado por Mano Menezes nos amistosos da seleção brasileira na nos Estados Unidos. E quando entrou, o meia do São Paulo foi escalado de maneira diferente da que está acostumado a jogar pelo seu clube. No Tricolor ele cai mais pela direita, como um ponta. Já com o Brasil ele teve de atuar pelo outro flanco do campo. Com isso, ele não conseguiu render da mesma forma do seu time. Mesmo assim o atleta não se incomoda em atuar fora da posição que está habituado.

– Já atuei bastante naquela posição (mais pela direita), não tenho dificuldade nenhuma. Estava um pouco desacostumado, no São Paulo jogo na direita, mas isso não foi problema. Tenho que aprender a jogar em qualquer posição, onde o Mano precisar tenho que estar à disposição dele – explicou o meia.

Lucas foi titular no primeiro jogo do Brasil na série de amistosos, na Alemanha. Ele esteve entre os onze enquanto Neymar não se apresentava, já que chegou depois por conta do duelo do Santos pela Libertadores. Nos outros jogos, o são-paulino foi opção e entrou no decorrer das três partidas. O Brasil ganhou os dois primeiros jogos (Dinamarca por 3 a 1 e EUA por 4 a 1) e perdeu os outros dois (México 2 a 0 e Argentina 4 a 3).

– Apesar das duas derrotas nos dois últimos jogos, o time se comportou muito bem. Temos um elenco muito qualificado, e dá para esperar grandes coisas desse time. O jogo contra a Argentina foi muito bom, onde não soubemos aproveitar algumas das oportunidades de marcar o gol, e o melhor jogador do mundo acabou com o jogo. Foi simplesmente isso – disse Lucas sobre o aproveitamento da Seleção.

Mano optou por convocar jogadores que podem servir o selecionado brasileiro na Olimpíada. No dia 6 ou 9 de julho, o técnico divulgará a lista definitiva de 18 atletas que disputarão a competição. Os Jogos de Londres serão realizados de 27 de julho a 12 de agosto. O time canarinho vai estrear no torneio em 28 de julho, contra o Egito, em Cardiff. Para Lucas, o time precisa se entrosar para entrar com chances.

– Falta mais tempo e entrosamento, porque qualidade nós temos. Falta o entrosamento para a equipe dar aquela liga, mas acho que é só isso. De resto, a gente tem tudo.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*