Lucas Fernandes não dá valor ao tabu na Arena

Após perder para o Palmeiras e empatar com o Internacional, o São Paulo tentará se reabilitar no Campeonato Brasileiro em um local onde jamais venceu: a Arena da Baixada, casa do Atlético-PR, rival do Tricolor a partir das 16 horas (de Brasília) deste sábado, em duelo válido pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Desde que o moderno estádio atleticano foi inaugurado, em 1999, o time paulista amargou 13 derrotas e arrancou cinco empates. São 30 gols sofridos e apenas 14 marcados pelo São Paulo, que pode ter Lucas Fernandes novamente como titular.

Revelado nas categorias de base do clube, o jovem meia minimiza a importância do tabu e prefere focar na melhora em termos de classificação que uma eventual e inédita vitória acarretaria ao time dirigido por Diego Aguirre. Com 17 pontos ganhos, o São Paulo ocupa o sexto lugar e tenta retornar ao G4 do Brasileirão.

“Não vejo esse jogo como uma oportunidade de quebrar o tabu. Temos de tratar como mais um jogo em que só a vitória interessa. É assim que eu penso. Temos de buscar os três pontos para estarmos no topo da tabela, que é onde o São Paulo deve estar”, avaliou o atleta.

Aos 20 anos, Lucas Fernandes é a alternativa para as saídas dos pontas Marcos Guilherme e Valdívia. Na última terça-feira, com o desfalque do então suspenso Nenê, o camisa 11 ganhou uma chance diante do Internacional.

Na ocasião, criou duas das principais chances do São Paulo na partida e acabou sendo elogiado por Aguirre após o confronto. A atuação lhe deu confiança a ponto de pedir passagem no time titular, condição na qual esteve em apenas quatro jogos na temporada, sendo três sob o comando do treinador uruguaio.

“Estou preparado. Tenho trabalhado bastante, focado, e se ele (Diego Aguirre) optar por mim estarei pronto para corresponder e me firmar na equipe”, finalizou Lucas Fernandes.

 

Fonte Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*