Libertadores põe São Paulo sob pressão e “expõe” Ney Franco

O São Paulo venceu o Oeste e é líder do Campeonato Paulista, mas a campanha no Estadual não apaga as dificuldades do time em seu maior objetivo. A “pior Libertadores da história do clube”, nas palavras do próprio treinador, coloca o São Paulo e Ney Franco na berlinda. “A situação do treinador hoje é exposta, eu estou exposto. Enquanto a gente não ganhar vai ser assim”, disse Ney Franco, visivelmente incomodado com a sua situação.

Neste domingo, o São Paulo suou para vencer o Oeste por 3 a 2, e o treinador teve de ouvir o pequeno público que compareceu no Morumbi chama-lo de “burro” e dizer que a “Libertadores é obrigação”. A pressão chegou aos jogadores, que não têm como negar a situação difícil.

“Não estou aqui para achar justo ou injusto. O torcedor se manifesta da maneira que ele quiser. Libertadores é obrigação? É. Para nós, não cabe o São Paulo ficar fora da próxima fase. Gostaria de responder mais coisas, mas cada um dentro das suas funções vai tentar fazer as coisas funcionarem até o dia 4”, disse Rogério Ceni após a vitória.

Com quatro pontos, o São Paulo é o vice-líder do Grupo 3, mas está empatado com o Arsenal de Sarandí, de quem perdeu na última quinta por 2 a 1. A situação ficou ainda mais delicada pelo comportamento dos jogadores. Recentemente, Ganso e Lúcio se mostraram publicamente insatisfeitos por terem sido substituídos.

Tudo isso fez a direção já falar, internamente, em substituir o treinador. O presidente Juvenal Juvêncio é contra, mas admite publicamente que a situação é complicada. Este conjunto de fatores faz com que a partida contra o The Strongest, fora de casa, no dia 4 de abril, seja fundamental.

“Acho que nesse período, a primeira coisa é recuperar a autoconfiança. Embora sejam jogos do Paulista, é nessa competição que a gente tem de resgatar a autoconfiança”, disse Ney Franco.

Até a partida em La Paz, na Bolívia, o São Paulo jogará quatro vezes pelo Paulista. Na última delas, o rival será o Corinthians. Só depois do clássico o clube tricolor poderá voltar de vez suas atenções para o torneio continental, onde o futuro da equipe e de seu treinador podem ser decididos.

Fonte: Uol

2 comentários em “Libertadores põe São Paulo sob pressão e “expõe” Ney Franco

  1. Deveriam parar de postar as matérias do uol neste momento…. É um jornal feito por corintianos… Uma palavra simples, reles transformam em desastre no soberano…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*