Leão não perdoa Cortez por falha em gol: ‘Tem de fazer o simples’

Pouco antes dos 20 minutos do primeiro tempo do jogo desta quarta-feira, entre São Paulo e Internacional, pelo Brasileirão, Cortez dominou mal uma bola na defesa e acabou fazendo a falta em Nei. Na cobrança, gol de D’Alessandro para dar números finais ao jogo.

Resultado: após a partida, o camisa 6 foi criticado pelo técnico Emerson Leão, que cobrou simplicidade de seus jogadores de defesa ao comentar o lance:

 

– Sofremos um gol de falta em erro de domínio de bola. Nos treinamentos vocês cansam de ouvir que eu peço para ser simples, cascudo e rebatedor. Beque não tem que sair jogando – disparou.

A falha de Cortez na saída de bola do São Paulo remete a outro lance parecido de um jogador tricolor no Brasileirão. Na primeira rodada, contra o Botafogo, no Engenhão, Maicon também falhou feio perto da área e a equipe foi vazada no lance.

O Sampa volta de Porto Alegre na manhã desta quinta-feira e treina no CT da Barra Funda às 15h30. Além da ausência de Fabuloso, suspenso pelo terceiro cartão amarelo, Bruno Uvini, Casemiro e Lucas continuam na Seleção Brasileira e só retornam diante do Coritiba, pela Copa do Brasil. A expectativa é de que Rhodolfo se recupere de lesão na panturrilha esquerda e seja reforço.

Um comentário em “Leão não perdoa Cortez por falha em gol: ‘Tem de fazer o simples’

  1. Que comportamento covarde: criticar um jogador por não dar um chutão. Jogar nas costas de um atleta o peso da derrota em um único gol de bola parada? E o goleiro? E o ataque?

    Beque tem sair jogando sim. Só que tem de haver colaboração. Os outros atletas tem de se apresentar como opção segura de passe. Coisa que deve ser treinada..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*