Kalil: “Começamos com R$ 600 milhões, chega de merreca”

O presidente do Altlético-MG, Alexandre Kalil, foi o único a falar com imprensa antes das reuniões do Clube dos 13. Ele chegou falando grosso, já elevando o valor inicial das negociações sobre os direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2012.

– Vamos começar com R$ 600 milhões. Precisamos de dinheiro, chega de pegar merreca! – esbravejou.

Questionado sobre se o C13 irá respeitar a determinação do Conselho de Administração e Desenvolvimento Econômico (CADE), dando direitos iguais aos participantes do processo de licitação, Kalil disse o seguite:

– O Ministério Público Federal e o CADE estão de olho. Vamos ter que cumprir.

Kalil revelou um encontro na noite desta última terça-feira com o presidente corintiano Andrés Sanchez no hotel em que ficou hospedado na capital paulista. Eles estavam rompidos desde o episódio do ano passado em que o mandatário atleticano destinou apenas 196 ingressos à torcida do Corinthians, em jogo válido pelo Brasileirão, em Minas Gerais.

– O Andrés é um espanhol de sangue quente. Tem muita especulação sobre a saída dele e de outros clubes do C13, vamos com calma, com esse tema não se brinca – afirmou.

Os presidentes de São Paulo, Atlético-PR e Santos, chegaram com 30 minutos de atraso na reunião na zona sul de São Paulo e preferiram aguardar as decisões do grupo para depois se pronunciar. A primeira reunião haverá a definição quanto ao modelo de licitação. Depois disso ela será apreciada pelos integrantes da diretoria do C13. Um representante do Internacional já se encontra no prédio.

Do Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*