Juvenal ‘ignora’ laudo de bombeiros e diz que Ponte x SP será em Mogi

O presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, afirmou que o jogo de volta da semifinal da Copa Sul-Americana será em Mogi Mirim, e não em Campinas, como a Ponte Preta desejava e lutava até o meio desta tarde.

Em rápido contato com o UOL Esporte, o dirigente disse que conversou com algumas pessoas da Conmebol e ‘vetou’ a possibilidade de o duelo ser no Moisés Lucarelli. Nesta sexta-feira, o time do interior conseguiu um laudo do Corpo de Bombeiros que atestava a capacidade de 20 mil pessoas do estádio, o que o tornaria apto para receber o confronto decisivo na quarta-feira.

“Eu falei com algumas pessoas, eles tentaram levar de volta para Campinas, mas nós não deixamos. O jogo será em Mogi. Inventaram um novo laudo, agora com 20.900 mil pessoas, mas não deu certo, nós não permitimos que fosse lá (no Moisés Lucarelli). O jogo será em Mogi”, declarou o presidente.

A diretoria da Ponte Preta conseguiu o documento e aguardava a homologação da Conmebol ainda nesta sexta-feira para receber o São Paulo no local para o segundo jogo. De acordo com Juvenal, porém, a chance está descartada.

O regulamento da Copa Sul-Americana estabelece capacidade mínima de 20 mil lugares para estádios usados a partir das oitavas de final. A Ponte Preta usou o Moisés Lucarelli nos confrontos com Deportivo Pasto (oitavas) e Vélez Sarsfield (quartas de final).

A capacidade exata do Moisés Lucarelli, na verdade, oscila de acordo com a fonte da informação. O laudo técnico da FPF (Federação Paulista de Futebol) fala em 18 mil lugares, com lotação recomendada de 16.900 pessoas. No CNEF (Cadastro Nacional de Estádios de Futebol), publicado pela CBF em 2012, os números do aparato variam de 17.728 a 19.728. O site oficial da Ponte Preta fala em 20 mil.

Para as semifinais, o São Paulo exigiu da Conmebol que o regulamento fosse seguido. A entidade inicialmente vetou o estádio de Campinas, e a Ponte Preta até definiu o Romildão, em Mogi Mirim, como sede da partida de volta.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*