Juvenal banca Ney, mas pede “reflexão” e promete mexer no elenco

O São Paulo desembarcou na manhã desta sexta-feira no aeroporto de Guarulhos, poucas horas depois de perder para o The Strongest por 2 a 1, em La Paz. Mas a derrota e a situação delicada da na Copa Libertadores não convenceram a diretoria de que o problema da equipe seja o técnico Ney Franco. Se dizendo “abalado” com o tropeço, o presidente Juvenal Juvêncio fez questão de garantir a permanência do treinador.

“O time não foi bem, não jogou bem. Eu esperava muito mais. Mas ele [Ney Franco] é um sujeito sério, trabalhador, gostamos dele. Isso não tira os méritos que ele tem. Ele vai continuar normalmente como técnico”, garantiu o mandatário no saguão do aeroporto.

Mas ainda que tenha bancado a permanência do treinador, Juvenal pediu a ele também que reconsidere a maneira como o São Paulo vem jogando. Bastante crítico em relação à atuação da equipe nessa quinta, o presidente não deu pistas do que gostaria que fosse mudado.

“O que eu espero do Ney é que uma derrota como essa, que não foi por azar, sirva para ele ter uma posição crítica em relação ao elenco, que sirva para ele fazer uma reflexão mais profunda com a comissão técnica e pense se estamos no caminho certo”, disse.

Se o posto de Ney Franco é garantido, a vaga de alguns jogadores parece correr perigo. Novamente sem entrar em detalhes, Juvenal revelou que pretende fazer algumas alterações no elenco tricolor.

“Eu entendia que o time já tinha crescido, já estava mais amadurecido, mais competitivo, mas percebi que vai precisar de mais coisas. Eu remodelei esse time inteiro e ainda vou precisar mexer um pouco mais. As peças ainda não se ajustaram, temos decepções”, encerrou.

A derrota de La Paz fez o São Paulo perder a segunda posição do Grupo 3 e depender de uma combinação de resultados para se classificar para as oitavas de final. No Campeonato Paulista, a equipe vive situação oposta, liderando a competição e já classificada para a próxima fase.

2 comentários em “Juvenal banca Ney, mas pede “reflexão” e promete mexer no elenco

  1. Então JJ está abalado pelo resultado que todos previam, inclusive diante da derrota para o Corinthians escrevi a este site e sinalizei que o jogo na Bolívia seria nova derrota. A poucos meses JJ afirmou que o São Paulo tinha elenco, agora não tem mais? Ou será que insistindo em manter o técnico não estaria mantendo o problema? Mas, como ele se acha dono do SPFC, deve saber o que faz. E assim como previ a derrota para o The Strongest, prevejo também que com a continuidade desse técnico mediano, os abalos de Juvenal Juvêncio irão continuar, o próximo com a eliminação da Libertadores, depois a perda do Paulista e em dezembro próximo o time fará companhia ao Palmeiras na segundona do Brasileirão, quem viver verá.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*