Julgamento no STJD é adiado e São Paulo pegará Botafogo no Morumbi

O São Paulo poderá enfrentar o Botafogo no Morumbi, no próximo dia 24, e não precisará levar a partida para outro estádio. Isso acontece porque o novo julgamento no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que estava previsto para até o fim desta semana, foi adiado e deverá acontecer somente no dia 22.

Na semana passada o clube havia conseguido efeito suspensivo parcial, que congelou a decisão. Agora, a CBF fica obrigada a cumprir a tabela com a partida no Morumbi – só se pode realocar um confronto com dez dias de antecedência.

A diretoria são-paulina conseguiu efeito suspensivo parcial após a punição de quatro jogos de perda de mando de campo no Morumbi, por conta dos incidentes envolvendo torcedores e policiais militares em partida contra o Corinthians, no estádio, no dia 13 de outubro. Na ocasião, o relatório da PM apontou bombas caseiras arremessadas por torcidas organizadas dos dois clubes e houve confronto entre são-paulinos e policiais.

A primeira partida válida para a punição aconteceu nesta quarta-feira e foi mandada pelo São Paulo no Novelli Júnior, em Itu – o STJD determina que os clubes punidos atuem a pelo menos 100km do próprio estádio. O time de Muricy Ramalho venceu o clube carioca por 2 a 0, com gols de Rogério Ceni e Ademilson, e ainda alimenta esperança de se classificar à Copa Libertadores de 2014 pelo Brasileirão, apesar da campanha promissora na Copa Sul-Americana.

Como o julgamento acontecerá somente no fim da próxima semana, não haverá tempo para que a partida contra o Botafogo, no dia 24, tenha o local alterado. Por isso, fica para o Morumbi. Caso o São Paulo não consiga reverter a decisão, a partida contra o Coritiba, no dia 8 de dezembro, na última rodada do Brasileirão, também deverá acontecer em Itu.

Se os advogados do clube não conseguirem a diminuição da pena, o São Paulo terá de mandar os dois primeiros jogos do Brasileirão de 2014 longe do Morumbi.

 

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*