Jogadores do São Paulo se preocupam com estilo de jogo do Audax

Antes mesmo de o técnico Muricy Ramalho orientar o seu elenco sobre os riscos oferecidos pelo Grêmio Osasco Audax, que enfrentará o São Paulo na noite de quarta-feira, alguns dos seusjogadores já começaram a se preocupar com o estilo de jogo do adversário. A equipe da Grande São Paulo se caracteriza por longas trocas de passes.

“Acompanhei alguns jogos do Audax. É um time de qualidade, que toca muito a bola e não dá chutão. A gente sabe que será complicado, ainda mais porque o Morumbi é um campo grande, facilitando o estilo deles”, respeitou o meio-campista Maicon.

Com a experiência de quem já enfrentou o Audax pela Portuguesa, o lateral direito Luis Ricardo endossou o discurso do seu companheiro. “No ano passado, vi que eles têm um time que realmente toca bem. O treinador deles cobra para que os atletas saiam jogando com a bola dominada, rodando. A filosofia não mudou nesta temporada. O São Paulo enfrentará uma grande equipe, que joga da mesma forma dentro e fora de casa”, comentou.

Fernando Dantas/Gazeta Press

Luis Ricardo já enfrentou o Audax pela Portuguesa, no ano passado, e encara o adversário com respeito

De fato, o técnico Fernando Diniz exige que o Audax valorize bastante a posse de bola. Foi assim que o time alcançou empates por 1 a 1 com Santos e Palmeiras e totalizou os mesmos 17 pontos ganhospelo Corinthians no grupo B do Campeonato Paulista.

 

Apesar de cautelosos com o Audax, os jogadores do São Paulo não chegam a temer o oponente. “Somos um time grande, que deve se impor em casa e conquistar a vitória”, avisou Maicon. “O Morumbi é a nossa casa e temos que nos impor. Estamos bem cientes do que encontraremos na quarta-feira”, completou Luis Ricardo.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*