Jadson tem dúvida sobre postura rival: “Não sei a índole de cada um”

Jadson passou os últimos dois anos de sua vida no São Paulo. E não sabe se a antiga equipe entrará em campo disposta a vencer o Ituano no domingo, no Morumbi – um resultado que favoreceria o Corinthians na disputa pela segunda vaga do grupo B nas quartas de final do Campeonato Paulista.

“Se eu estivesse em uma situação dessa, com certeza entraria para ganhar. Mas não sei a índole de cada um”, comentou Jadson, garantindo que não conhece os ex-companheiros a ponto de imaginar a postura deles no fim de semana. “Eles têm a mentalidade deles. Não sei o que estão pensando. Não sei o que rola nos bastidores.”

Distante dos bastidores do São Paulo, o Corinthians viu prejudicada a sua luta pela classificação ao ser derrotado por 3 a 2 pelo rival no domingo. O novo time de Jadson seguiu com 20 pontos ganhos, contra 22 do Ituano. Por isso, vencer Penapolense e Atlético Sorocaba nas duas últimas rodadas da primeira fase passou a ser primordial para o técnico Manbno Menezes.

Divulgação/Agência Corinthians

Jadson não sabe se pode contar com a ajuda do São Paulo contra o Ituano (foto: Daniel Augusto Jr.)

“A gente tem mais dois jogos pela frente e precisa ganhar os dois, além de torcer para o Ituano tropeçar”, resumiu Jadson, tentando esquecer que é o São Paulo o primeiro adversário do time de Itu. “A gente precisa pensar nos nossos jogos, tendo esperanças, e ver o que vai acontecer com o Ituano só depois. Eles não vão enfrentar apenas o São Paulo”, lembrou. Na última rodada, o concorrente corintiano terá o Penapolense pela frente, em casa.

 

Com fé no Penapolense, Jadson chegou até a corrigir a declaração em que colocou em dúvida “a índole de cada um”. “Não desconfio de nada, não”, disse, sorrindo. “Os jogadores do São Paulo são profissionais, defendem o clube deles e têm famílias para sustentar. Aconteceu essa situação, que faz parte do futebol, então devemos procurar fazer a nossa parte e esquecer o resto”, repetiu o ex-são-paulino.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

10 comentários em “Jadson tem dúvida sobre postura rival: “Não sei a índole de cada um”

  1. ESSE JADSON TA QUE NEM MULHER TRAÍDA , METE O PAU NO EX , E FICA FALANDO QUE O ATUAL DA BEIJINHOS AO INVÉS DE FICAR BATENDO NA BUNDA E NA CARA KKKKK. ELE DEVE ESTAR DURMINDO NA CONCENTRAÇÃO COM O
    SHEIK KKKKK

  2. Jadson nunca teve caráter. Basta ver a falta de vontade com que quase sempre pautou suas partidas pelo São Paulo, principalmente, depois que viu seu projeto “Seleção Brasileira” ir por água abaixo.
    Além do mais, faz parte do time de patifes do Paraná, o que por si só já explica a falta de caratismo. Não tem um daquela turminha que presta.
    E está no time certo. Jogador sem caráter no time sem ética. Portanto, eu que sou contra entregar o jogo, sou Ituano domingo. Não precisa entregar, basta perder. A mesma coisa? Não, pois já perdemos várias vezes dentro do Morumbi e das formas mais inusitadas.
    Além do mais, o destino deles será selado pelo goleiro que foi xingado pela torcida do mal de bicha durante a partida toda domingo. O goleiro que é amigão do Juninho Paulista…

  3. O cara sujou e sentou em cima.
    Com certeza vamos ganhar do Ituano, só que torceremos para a Penapolense fazer com eles como fizeram com o Santos.

  4. Toda o questionsmento q eu tinha sobre a troca pato-jadson terminou agora. Um jogador q coloca em duvida a indole daqueles q foram seus colegas de trabalho ha 1mes atras nao pode merecer crédito mesmo. Seria bom se o jadson esquecesse o tricolor pq pra nos ele ja é página virada.

  5. Muitas vezes é nas entrelinhas é que se conhece o caráter de uma pessoa, principalmente daquelas que não falam claramente o que pensam. Para mim o sujeito não tem um dos melhores, foi tarde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*