Jadson destaca rotatividade do elenco e afirma: ‘A concorrência aumentou’

O técnico Ney Franco terá praticamente o elenco inteiro à disposição para o clássico deste domingo, diante do Corinthians, no estádio do Morumbi, pela 16ª rodada do Paulistão Chevrolet. Exceto por Negueba, que se recupera de uma lesão no joelho direito, o treinador não tem nenhum jogador suspenso ou machucado.

Por conta disso, o técnico tem dado oportunidade a todos os jogadores do elenco. No último final de semana, optou pelos titulares contra o Bragantino. Já na quarta-feira, só manteve Rogério Ceni, Wallyson e Luis Fabiano, que enfrentaram o Massa Bruta, para o duelo diante do Paulista.

Os jogadores são-paulinos enaltecem a competitividade por posições na equipe. O meia Jadson destacou o rendimento da equipe e os pontos positivos com todos à disposição.

– Desde a pré-temporada já estava acirrada (a disputa por vagas). A concorrência aumentou bastante, com todos os jogadores à disposição do Ney. Tem os jogadores para trabalhar, se acontecer algo já tem reposição. Exemplo foi o útlimo jogo. Fizeram um ótimo jogo, todo mundo se dedicou, correu. Quem está tendo oportunidade tem que valorizar – declarou o meia.

O lateral-esquerdo Carleto, que ganhou a posição de Cortez por conta das boas atuações e também em razão do período em que o camisa 6 esteve fora por lesão, endossa o coro do camisa 10 do Tricolor.

– Isso mostra que o trabalho está sendo bem feito, que o elenco tem peças, quase dois jogadores por posição. O Ney sabe lidar bem com isso. Sabe que se jogar eu ou Cortez estará bem representado. É bom ter essa dúvida, pior seria ter só um para colocar. Se optar por mim, estarei preparado para o dia 4 – declarou Carleto, já pensando no confronto diante do The Strongest (BOL), pela Libertadores.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*