Herói do título mundial de 2005, Mineiro visita o CT do São Paulo

Uma manhã bastante movimentada no CT da Barra Funda, neste sábado. No dia em que o clube anunciou as renovações de contrato do goleiro Rogério Ceni e do técnico Muricy Ramalho, o treinamento contou com a presença de muitos dirigentes e dois ilustres torcedores do Tricolor: o ex-volante Mineiro e o técnico da seleção brasileira feminina de vôlei e do Campinas, José Roberto Guimarães.

Herói da conquista do Mundial de Clubes da Fifa, em 2005, Mineiro foi até o centro de treinamento rever os amigos e conhecer os atletas do atual elenco tricolor. Autor do gol da vitória são-paulina contra o Liverpool, em Yokohama, o ex-jogador aproveitou suas férias na Alemanha para retornar ao Brasil e visitar o clube.

Rogerio Ceni com Mineiro no treino do São Paulo (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)Mineiro conversou com Rogério Ceni no treino deste sábado (Foto: Rubens Chiri / saopaulofc.net)

 

– Pude conhecer alguns atletas e rever os amigos. Isso, sem dúvida, foi especial e não tem dinheiro que pague. É legal ver que o clube também se modernizou e acompanhar as modificações na estrutura do CT. Infelizmente, não consegui fazer essa visita antes. Mas, agora com calma, consegui vir até aqui e estou muito contente – disse o ex-jogador, em entrevista ao site oficial do clube.

Eternizado na história do clube, Mineiro comemorou o retorno ao CT da Barra Funda em um dia tão importante para a torcida do São Paulo.

– Hoje foi um dia especial, porque fiquei muito feliz de poder estar perto em um momento como esse – completou.

Além do ex-jogador, quem também foi ao local na manhã deste sábado foi José Roberto Guimarães. O técnico da seleção brasileira feminina de vôlei também conversou com os dirigentes do clube e com Muricy Ramalho durante a atividade.

 

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Herói do título mundial de 2005, Mineiro visita o CT do São Paulo

  1. Nem é bom pensar Jaime, pois se fosse o Wellington ele isolaria a bola por cima do travessão e hoje talvez NÃO fossemos Tri Mundiais kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk, mas graças a DEUS que era o Mineiro.

  2. Até hoje eu não esqueço a infiltração do Mineiro na área do Liverpool e a tranquilidade para bater na bola naquele momento.
    Fosse hoje com o que temos… Que saudades! Grato Mineiro!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*